Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Materiais e Processamento Avançados

Materiais e Processamento Avançados

3º Ciclo     Departamento de Ciência e Tecnologia Têxteis

Plano de Estudos   Materiais e Processamento Avançados
Código DGES
PA05
Área CNAEF 543 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Regulamento n.º 516/2014 - DR 2.ª série, n.º 221, 14 novembro
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Cr 161/2013, 07-04-2014
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 240
Outras Informações Programa Doutoral FCT em associação com Universidade Nova de Lisboa - Universidade de Coimbra - Universidade de Lisboa - Universidade do Minho - Universidade do Porto - Universidade de Aveiro
Portal do Curso [EN]

Regime Geral de Acesso  

Requisitos de Admissão A população alvo serão os detentores de grau de mestre, ou equivalente legal, em Química, Física, Engenharia, nomeadamente Engenharia de Materiais e áreas afins.
Poderão ser admitidos candidatos que não possuam o grau de mestre desde que obedeçam às condições impostas no artº 30, ponto 1, do DL. Nº 74/2006, de 24 de março.
Os candidatos ao programa devem satisfazer os requisitos de admissão das instituições envolvidas, cujas regras serão anunciadas durante o processo de recrutamento, o qual será aberto a estudantes nacionais e internacionais.
No sentido de se procurarem os melhores estudantes, os principais critérios serão escolher para a entrevista graduados recentes (menos de 2 anos depois de concluído o mestrado) com classificação igual ou superior a 14 valores.
Os estudantes serão selecionados e seriados tendo em conta o seu curriculum académico, científico e técnico, experiência na área do programa, domínio da língua inglesa e a entrevista.
Vagas 25 (2016)
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais 70% de todas as inovações técnicas estão direta ou indiretamente ligadas aos materiais.Esta percentagem tem
vindo a crescer desde os anos 70 e é previsível que continue a crescer até 2030.Os materiais avançados foram
identificados pela Comissão europeia como uma das cinco tecnologias chave de desenvolvimento.
O Programa Doutoral proposto está em linha com esta realidade,oferecendo um 3º Ciclo altamente interdisciplinar, construído da competência e experiência das nstituições de investigação e departamentos académicos envolvidos.
O programa está em linha com programas doutorais de Universidades e Institutos europeus de grande
nomeada, o que tornará os seus diplomados mais competitivos em qualquer parte do mundo, em particular na
Europa, para além de abrir portas ao alargar de colaboração científica entre o pessoal envolvido, o que trará
como consequência um reforço da competitividade portuguesa relativamente a projetos e redes de I&D
europeias.
Competências São objetivos centrais deste 3.º Ciclo de Estudos garantir que um titular deste grau seja dotado das seguintes
capacidades:
•Argumentação bem alicerçada no conhecimento científico mais atual.
•Atitude consciente em questões de ética científica e social.
•Atitude pró-ativa na transferência de conhecimento 'do laboratório para a indústria'.
•Atitude responsável em questões de sustentabilidade das aplicações dos Materiais e Tecnologias associadas.
•Boa articulação do trabalho em grupo com trabalho/iniciativas individuais.
•Bom planeamento, execução e análise de trabalho experimental.
•Conhecimentos avançados de Ciência e Engenharia de Materiais.
•Hábito de se manter a par das fronteiras do conhecimento.
•Implementação de soluções inovadoras para problemas complexos em Engenharia de Materiais.
•Visão integrada e crítica da Ciência e Engenharia de materiais e suas aplicações.
•Domínio dos métodos e capacidade para realizar investigação.
Saídas Profissionais Garantindo a formação de especialistas com forte capacidade de inovação e de promoção das capacidades de progresso tecnológico, na área de Materiais Avançados e Processamento, este programa doutoral proporciona aos seus estudantes saídas profissionais nas áreas do ensino e/ou investigação científica, bem como a integração no mercado de trabalho em áreas que vão desde diversas indústrias (cerâmica e vidro, polímeros e moldes, automóvel e aeroespacial, metal-mecânica, eletrônica e computadores, papel, têxtil, etc) em I & D + Inovação e desenvolvimento tecnológico, produção, controle de qualidade, transferência de tecnologia e consultoria. Entre as valências com que se pretende dotar os jovens Doutores têm: o pensamento crítico, a autonomia conceitual e empreendedorismo, aumentando a possibilidade de criação de novas empresas.
Infraestruturas Todas as instalações físicas disponíveis nas escolas envolvidas, tais como salas de aulas e de computadores,
laboratórios, bibliotecas, refeitórios e instalações desportivas, estarão disponíveis para o novo ciclo de
estudos.
Todos os equipamentos existentes nos laboratórios das escolas envolvidas (FTIR, DSC, GPC, SEM, TEM, DRX,
FRX, AFM, Raman RMN, reómetros, equipamento diverso para processamento de materiais, microscópios,
caracterização mecânica e elétrica, só para nomear alguns) ficarão disponíveis para serem utilizados pelos
alunos do novo Ciclo de Estudos.
Também os demonstradores, computadores e software existentes nas várias escolas estarão disponíveis para
o novo Ciclo de Estudos.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI
- Memorando de Entendimento (consultar ficheiro no separador "Mais Info")
- Regulamento (consultar ficheiro no separador "Mais Info")

Departamento de Ciência e Tecnologia Têxteis

Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã
275 319 825
3012
275 319 723

Responsáveis

Diretor/a de Curso
Isabel Cristina Aguiar de Sousa e Silva Gouveia
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2016-03-23
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.