Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciência Política
  4. Seminário Temático II

Seminário Temático II

Código 11319
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 10
Carga Horária TP(45H)
Área Científica Ciência Política
Tipo de ensino Presencial e videoconferência.
Estágios UA e UBI.
Objectivos de Aprendizagem São objetivos desta unidade curricular complementar e prosseguir os objetivos de Seminário Temático I. Assim, serão prosseguidos os seguintes objetivos:
- Aprofundar o domínio dos grandes tópicos das áreas de estudo da Ciência Política, em complementaridade com os tópicos alvo de atenção em Seminário Temático I.
-Exercício continuado de competências de alto nível, já adquiridas, de identificação, análise, avaliação e organização dos problemas, com elevado grau de autonomia.
- Apurar a capacidade de discussão crítica, com os pares, por parte dos doutorandos dos problemas da investigação em apreço.
- Incitar os doutorandos à definição dos seus próprios interesses científicos a partir do desenvolvimento de questões e tópicos do programa.
- Aprofundar as articulações interdisciplinares entre as diferentes fontes do campo de estudos da Ciência Política
Conteúdos programáticos MÓDULO I: Filosofia Política
O "estado de excepção" como paradigma de governo
A constituição do povo
A questão do populismo
A cidadania e as novas formas de exclusão

MÓD II: Política Comparada
Sistemas de governo comparados
Os desafios da qualidade da democracia
Democratização e construção do Estado
Sociedade civil e movimentos sociais

MÓD III: Governação
Instituições políticas e modelos de governação
Governação multinível e escala
Regulação e sistemas de integridade pública
Globalização e integração regional

MÓD IV: Comunicação Política
Comunicação política e modelos de democracia
Comunicação politica, legitimidade e direitos dos cidadãos
A dimensão comunicacional e mediática dos diversos modelos de participação política
O lugar da opinião pública na comunicação politica: esferas públicas e movimentos sociais

Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Os seminários serão expositivos – os professores esclarecerão as temáticas e problemáticas em foco em cada sessão – e de discussões organizadas com os alunos.
Estimular-se-á a interpelação dos oradores e a participação nas discussões, conduzindo os alunos à formulação de problemas e à operacionalização de teorias e conceitos assimilados.

a) Apresentações em aulas ou debates Perusall, com base em leituras a serem distribuídas (10%).
Nota: nem todas as aulas incluirão este elemento.

b) Um ensaio até 3.500 palavras, podendo cobrir qualquer módulo (ou combinação de módulos).
Bibliografia principal Agamben, G. (2005). State of Exception. Chicago: CPU.
Balibar, E. (2009). We, The People of Europe?. Princeton: UPP.
Benz, A. & Papadopoulos, Y., eds. (2006). Governance and Democracy: Comparing National, European and International Experiences. London: Routledge.
Beetham, D., ed. (1994). Defining and Measuring Democracy. London: SP
Blumer, J., & Gurevitch, M. (1995). The Crisis of Public Communication. London: Routledge.
Della Porta, D. & Tarrow, S., eds., (2005). Transnational Protest and Global Activism. Lanham: Rowman & Littlefield.
Linz, J. J. & Stepan, A. (1996). Problems of Democratic Transition and Consolidation: Southern Europe, South America, and Post-Communist Europe. Baltimore: The Johns Hopkins UP
Muller, J.-W. (2016). What is Populism?. Pennsylvania: UPP.
Norris, P. (2001). Digital divide? Civic Engagement, Information Poverty and the Internet Worldwide. Cambridge: CUP
Przeworski, A.; et al (2000). Democracy and Development. Cambridge: CUP.
Língua Português
Data da última atualização: 2022-07-04
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.