Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciências do Desporto
  4. Fisiologia do Exercício

Fisiologia do Exercício

Código 12437
Ano 1
Semestre S1
Créditos ECTS 5
Carga Horária TP(30H)
Área Científica Ciências do Desporto
Tipo de ensino Presencial
Objectivos de Aprendizagem Conhecimentos: Conhecer e explicar as especificidades das adaptações fisiológicas crónicas e agudas ao esforço; Identificar os processos metabólicos aeróbios e anaeróbios; Conhecer as principais adaptações ventilatórias, cardiorespiratórias, hemodinâmicas, neuromusculares e neurohormonais em diferentes modalidades desportivas; Conhecer procedimentos de avaliação fisiológica e de quantificação da carga, sendo capaz de fundamentar as metodologias de avaliação; Conhecer os efeitos do treino em condições de temperatura e humidade elevadas. Competências: Controlar e avaliar as características gerais dos exercícios, através dos parametros: consumo de oxigénio, frequência cardíaca, pressão arterial e escala de percepção subjectiva de esforço; Identificar as metodoligias de despiste da fadiga; Conhecer as técnicas de otimização pré-competição da função neuromuscular; conhecer as substãncias ergogénicas, a suplementação e a dopagem.
Conteúdos programáticos A. Conteúdos Teórico-práticos
A1. Compreensão geral da fisiologia do exercício
A1.1. Musculo (Contração muscular e energia)
A1.2. Energia para o exercício físico
A1.3. Oxigénio (Transição e recuperação do exercício; Respostas e cardiovasculares e ventilatórias ao exercício)
A2. Carga externa vs carga interna
A3. Principais indicadores de carga interna e sua inter-relação
A4. Medição de indicadores fisiológicos e seu uso na prescrição do exercício
A5. Custo energético na atividade física
B. Conteúdos / aplicações práticas:
B1. Avaliação da economia de esforço no exercício cíclico (ergómetro)
B2. Avaliação da economia de esforço no exercício resistido
B3. Avaliação bioenergética no treino intervalado de alta intensidade
B4. Avaliação bioenergética no exercício resistido
B5. Casos Práticos (Fadiga; Estudo do sono; Métodos de recuperação; Treino em altitude; Equilíbrio térmico e hídricoelectrolítico, Tapering; Potencial de pós-ativação).
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação As aulas serão compostas por sessões de cariz teórico e/ou teórico-prático/laboratorial. As aulas teóricas são fundamentalmente de natureza expositiva, na qual se reúne toda a componente inerente ao “saber” como conteúdo. Estas sessões teóricas poderão ser acompanhadas pelos alunos com o recurso à sebenta digital fornecida pelo docente e através da bibliografia de referência apontada. As aulas teórico-práticas serão usadas para a lecionação dos conteúdos mais práticos, numa perspetiva de integração de conhecimento, de contacto com protocolos simples avaliação fisiológica e para a discussão de problemas concretos de interpretação fisiológica do esforço.
Será adoptado um regime de avaliação contínua, cuja nota final corresponderá à média aritmética das tarefas que os alunos terão que cumprir, a saber: 2 trabalhos práticos (em grupo) e um mini teste escrito (individual).
Bibliografia principal 1. McArdle,W.D., Katch,F.I., Katch,V.L(2010). “Exercise Physiology – Energy, Nutrition and Human Performance”. - 7th Ed., Lippincott Williams & Wilkins
2. Australian Sports commission (2012). Physiological tests for elite athletes. Human kinetics, Champaign.
3. Bar-Or, O., Rowland, T. (2004). Pediatric Exercise Medicine: From Physiologic Principles to Health Care Application. Human kinetics, Champaign
4. Hausswirth, C.; Mujika, I. (2013) Recovery for Performance in Sport. INSEP 2th ed. ISBN-13: 978-0736074841
5. Hoffman, J. (2014). Physiological aspects of sport training and performance. Human kinetics, Champaign.
Língua Português
Data da última atualização: 2022-03-23
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.