Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Design Industrial
  4. Estética

Estética

Código 12723
Ano 2
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(45H)
Área Científica Ciências Sociais e Humanas
Tipo de ensino Presencial.
Estágios Não aplicável.
Objectivos de Aprendizagem Esta unidade curricular visa, num primeiro plano, operar com conceitos-chave, teorias e
problemas específicos da estética filosófica. Tal inclui comunicação de definições e
desenvolvimentos históricos da estética. Num segundo plano, pretende-se questionar a
possibilidade de integrar uma atividade de concretização do sentir estético no âmbito
do fenómeno da arte, do design e da cultura contemporânea.
Conteúdos programáticos 1. Estética, simetria, prazer
1.1. Analíticas kantianas do belo e do sublime

2. Natureza, arte, design
2.1.O retorno da arte ao original em Heidegger
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação 1. Participação ativa durante as sessões letivas (0%); a participação foi ponderada nos Testes, tendo em conta o funcionamento da unidade curricular.
2. Realização de 2 testes escritos de frequência – 100% (50%+50%) - relativos cada um a uma das partes do programa, nos quais as matérias a avaliar são, no domínio cognitivo: o conhecimento dos temas, a leitura e análise dos textos dos autores referidos e a crítica às suas posições.
Bibliografia principal Monroe C. Beardsley, John Hospers, Estética, Historia y Fundamentos, Madrid, Ediciones Cátedra,
1997.
Immanuel Kant, Crítica da faculdade do juízo [Kritik der Urteilskraft, 1790], introdução de António Marques, tradução e notas de António Marques e Valério Rohden, Lisboa, Imprensa Nacional-Casa da Moeda, 1992.
Heidegger, A origem da obra de arte, Lisboa, Edições 70, 1977.
Luigi Pareyson, Estética, Teoria da Formatividade, Petrópolis, Vozes,1993.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-02-01
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.