Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Design Industrial
  4. Bases Físicas do Design II

Bases Físicas do Design II

Código 12734
Ano 3
Semestre S1
Créditos ECTS 5
Carga Horária TP(60H)
Área Científica Ciência e Tecnologia
Pré-requisitos Não tem.
Tipo de ensino Aulas de natureza teórico-prática, existindo também sessões de orientação tutorial.
Estágios Não há estágios.
Objetivos Gerais e Resultados de Aprendizagem
Identificar a importância do conhecimento da física na conceção de objetos funcionais.
Desenvolver competências na análise de problemas de cinemática unidimensional e bidimensional.
Aplicar os princípios do equilíbrio dinâmico, atrito e da conservação de energia.
Conhecer os princípios de movimento de corpos rígidos.
Aplicar em projeto de produtos e equipamentos os conceitos de mecânica.

Conteúdos / Programa Cinemática de partículas. Introdução à dinâmica. Movimento retilíneo e curvilíneo.
Cinética de partículas. Segunda lei de Newton. Equações de movimento. Equilíbrio dinâmico.
Movimento angular de uma partícula. Momento angular. Lei de Newton da gravitação.
Métodos de energia e quantidade de movimento. Trabalho de uma força. Forças equivalentes. Energia
cinética e potencial, potência e eficiência. Conservação da energia. Movimento impulsivo e impacto.
Sistemas de partículas. Aplicação das leis de Newton ao movimento de um sistema de partículas.
Quantidade de movimento linear e angular. Movimento angular do centro de massa.
Cinemática de corpos rígidos. Translação. Rotação.
Projeto. Análise de casos de estudo e aplicações em Design Industrial.
Bibliografia / Fontes de Informação NOTAS DE AULA, apontamentos pedagógicos preparados pelo docente complementados com fichas de
exercícios e casos de estudo.
Derek Steward, Understanding Structures, Analysis Materials Design, Palgrave Macmillan, 2009.
Ferdinand P. Beer, E. Russell Johnston, Mecânica Vectorial para Engenheiros, Dinâmica, McGraw-Hill,2012.
Bryan J B Gauld, Structures for Architects, Longman, 2005.
Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas As aulas são do tipo T e TP, recorrendo ao método expositivo, interrogativo e demonstrativo.
Dá-se um grande relevo a exemplos de casos reais e conceitos de design.
Os estudantes são estimulados para a resolução prática de exercícios, interpretando situações do mundo
real e discutindo as consequências dos resultados obtidos. As matérias são também enquadradas nos
trabalhos desenvolvidos nas UC’s de projeto (Design do Produto), apoiando os alunos no
desenvolvimento dos projetos individuais.
Métodos e Critérios de Avaliação Avaliação contínua:
- provas escritas (DUAS);
T1 25% (composta por 1 grupo de questões) + T2 75% (composta por 3 grupos de questões)
Nota: 25% da prova T2 pode ser substituido pela realização de um trabalho prático a entregar até ao dia da prova T2 (neste caso aos estudantes não será distribuído o grupo III da prova T2)
Avaliação contínua: um bónus de +1 Valor será atribuído aos estudantes que tenham uma presença às aulas de 95% e o caderno da disciplina formalmente elaborado de acordo com as instruções do docente.

Os estudantes que pretendam melhorar a sua avaliação de avaliação contínua ou que não obtiverem a classificação mínima de 50% serão submetidos ao exame final. Para tal, devem ter tido um mínimo de 95% de presença às aulas.
Língua Português
Data da última atualização: 2016-06-22
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.