Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Cinema
  4. Teoria do Cinema II

Teoria do Cinema II

Código 13100
Ano 2
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(45H)
Área Científica Cinema
Tipo de ensino Presencial
Estágios Não
Objectivos de Aprendizagem No final desta unidade curricular, o aluno deve ser capaz de:
a) identificar e dominar conceptualmente as principais teorias do cinema moderno;
b) estabelecer critica e reflexivamente a relação entre a teoria e a prática cinematográficas;
c) compreender a evolução dos paradigmas estéticos e tecnológicos na história das teorias do cinema.
Conteúdos programáticos 1. Do Pré-Cinema aos Pós-Cinemas; Walter Benjamin e a reproductibilidade técnica.
2. Pós-Cinemas; André Parente: as três dimensões da Forma Cinema (Arquitectura, Tecnologia e Discurso). Cinema Expandido, Cinema Performático, Cinema Interactivo, Cinema Ensaio e Cinema de Arquivo.
3. Cinema Digital; Lev Manovich: do kino-eye ao kino-brush.
4. Transmedialidades e intertextualidades; Os videojogos: narratividade, interactividade e performance; mise-en-scène e montagem cinematográfica; Cinema e televisão: narratividade, montagem e mise-en-scène na televisão cinemática.
5. Cultura de Convergência; Screen Theory; A “hibridização de alternativas”; O desejo segundo Slavoj Zizek;
6. Cinefilia e Cultura Cinematográfica. Genealogias e filiações estéticas através da citação e da referenciação; O Ensaio Audiovisual e Cinefilia Digital.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação a) Assiduidade: 75% de presenças;
b) Trabalho escrito: entre 1.500 e 2.000 palavras sobre tema a definir vale 5/20 valores na classificação final;
c) Ensaio audiovisual: Exercício com duração entre 3m e 3m30s sobre tema a definir vale 5 valores/20 valores na classificação final;
d) Prova de avaliação escrita: Uma prova de avaliação escrita vale 10/20 valores na classificação final;
Bibliografia principal André Parente - "O Acontecimento Cinema: Entrevista a André Parente” (2015)
Alexander Galloway - "Origins of the First-Person Shooter" (2006)
Arlindo Machado – “Pós-Cinemas & Pós-Cinemas” (1997)
Bernard Stiegler – “The Carnival of the New Screen: From Hegemony to Isonomy” (2009)
Erik Felinto - "Cinema e Tecnologias Digitais" (2003)
Giovanna Fossati – “YouTube as a Mirror Maze” (2009)
Henry Jenkins - "The work of theory in the age of digital transformation" (1999)
Henry Jenkins - "Venere o Altar da Convergência” (2008)
Jason Mittel - "Narrative Complexity in Contemporary American Television" (2006)
Lev Manovich - "What is Digital Cinema?" (2002)
Malte Hagener - "How the Nouvelle Vague Invented the DVD: Cinephilia, new waves and film culture in the age of digital dissemination” (2014)
Malte Hagener & Thomas Elsaesser – “Digital Cinema and Film Theory – The Body Digital” (2007)
Melis Behlil - "Cinephilia, Internet and Online film Communities” (2005)
Michael Allen – “The impact of Digital Technologies on Film Aesthetics” (2002)
Paulo Cunha - "Genealogias, filiações e afinidades no cinema português" (2013)
Walter Benjamin - "The Work of Art in the Age of Mechanical Reproduction" (1935)
Língua Português
Data da última atualização: 2017-06-20
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.