Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Sociologia
  4. Oficina do Trabalho Científico

Oficina do Trabalho Científico

Código 13120
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 3
Carga Horária PL(30H)
Área Científica Sociologia
Tipo de ensino Presencial
Estágios Não se aplica
Objectivos de Aprendizagem Nesta Unidade Curricular os e as estudantes devem aprender as exigências e as competências básicas necessárias na redação correta de textos académicos e científicos.

Ao concluir esta Unidade Curricular devem ser capazes de:
- Indicar e caraterizar os vários tipos de trabalhos académicos e científicos;
- Fazer corretamente uma pesquisa documental;
- Aplicar na prática as regras fundamentais para textos académicos, que dizem respeito à sua estrutura e clareza, ao léxicon, às referências a fontes e à elaboração de uma bibliografia;
- Implementar os princípios formais de uma comunicação oral;
- Fazer uso do powerpoint no âmbito académico e científico;
- Avaliar criticamente textos de vários tipos;
- Interpretar e avaliar tabelas, gráficos e outras figuras.
Conteúdos programáticos 1. A divulgação como elemento fundamental no mundo das ciências.
1.1 Trabalhos académicos.
1.2 Congressos e colóquios.
1.3 Publicações.
2. As caraterísticas de um trabalho científico.
2.1 A estrutura.
2.2 As referências.
2.3 A apresentação linguística.
3. A avaliação formal de textos sociológicos: trabalho prático à volta de alguns exemplos.
4. Noções sobre a elaboração de um trabalho científico ou académico.
4.1 Tipos de pesquisa documental.
4.2 Exercícios de redação.
4.3 Exercícios de elaboração de: títulos; palavras-chave; abstracts; resumos.
5. As apresentações orais.
5.1 A adaptação ao tipo de evento (reuniões científicas e académicas, sessões de informação, etc.)
5.2 O uso do powerpoint.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Esta unidade curricular visa capacitar os alunos para um procedimento sociológico por via da realização efectiva de exercícios. Para efeitos de avaliação serão contabilizados todos os trabalhos realizados em conjunto como uma prova escrita.
Bibliografia principal Almeida, Filipe e outros (2015), A fraude académica no Ensino Superior em Portugal: um estudo sobre a ética dos alunos portugueses, Coimbra, Imprensa da Universidade de Coimbra.
Becker, Howard (2007), Segredos e Truques da Pesquisa, Rio de Janeiro, Zahar.
Becker, Howard (2015), Truques da escrita: para começar e terminar teses, livros e artigos, Rio de Janeiro, Zahar.
Billig, Michael (2013), Learn to Write Badly: How to Succeed in the Social Sciences, Cambridge, Cambridge University Press.
Eco, Umberto (1998), Como se faz uma tese em ciências humanas. Lisboa: Presença. [1977- Come si fa una tesi di laurea].
Greetham, Bryan (2001), How to Write Better Essays, Basingstoke, Palgrave.
Huff, Anne Sigismund (2001), Writing for scholarly publication, Thousand Oaks, CA, Sage.
Macamo, Elísio (2016), Sociologia Prática. Como alguns sociólogos pensam, Maputo, UEM.
Marçal, David (2014), Pseudociência, Lisboa, Fundação Francisco Manuel dos Santos.
Martin, Eloisa (2018), “Ler, escrever e publicar no mundo das ciências sociais”, Revista Sociedade e Estado, 33 (3), pp. 941-961.
Público (2005), Livro de Estilo, Lisboa, Público.
Reinharz, Shulamit (2016), Improving your writing if you weren’t taught the basics in high school [https://www.dur.ac.uk/writingacrossboundaries/writingonwriting/shulamitreinharz/]
Rosling, Hans (2018), Factfulness, Londres, Hodder & Stoughton.
Van Teijlingen, Edwin, e outros (2014), “Finding the right title for your article: Advice for academic authors”, Nepal Journal of Epidemiology 4 (1), pp. 344-347.
Os truques da imprensa portuguesa (página Facebook: https://www.facebook.com/ostruques/)
+
Bibliografia a ser indicada nas aulas.
.
Língua Português
Data da última atualização: 2017-06-22
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.