Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Sociologia
  4. Estratificação e Classes Sociais

Estratificação e Classes Sociais

Código 13127
Ano 2
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária TP(60H)
Área Científica Sociologia
Tipo de ensino Presencial
Objectivos de Aprendizagem Compreender e interpretar os factores estruturadores da estratificação social, da desigualdade social e da mobilidade ascendente e descendente, a partir dos contributos de autores clássicos da Sociologia e de outros autores contemporâneos.
Concluir, com sucesso, a unidade curricular implica que o aluno seja capaz de:
1.Demonstrar compreensão dos quadros teóricos e metodológicos das classes sociais e da estratificação presentes nas desigualdades sociais;
2.Elaborar e debater colectivamente argumentos racional, lógica e analiticamente consistentes e sustentar a sua defesa;
3.Demonstrar capacidades de concepção, organização e execução de trabalhos teóricos e empíricos adequados ao seu nível de formação, bem como na comunicação oral e escrita.

Conteúdos programáticos 1ª parte: A Problemática da Estratificação Social
1.A Sociedade Fragmentada: Construção de Grupos e da Categorização Social
2.Processos de Estratificação Social: Riqueza, Poder e Prestígio
3.Tipos de Estratificação Social
4.As Elites e as Classes Sociais como Formações Socio-Históricas
5.As Hierarquias de uma Sociedade Desigual
6. Tipos de Mobilidade Social
7. A Mobilidade Social como uma Mudança do Regime de Acção
2ª parte: Teorias da Estratificação e das Classes Sociais
1. Perspectivas Teórico-analíticas.
2. As Teorias do Conflito : as classes sociais de Karl Marx, neomarxismos e pós-marxistas
3.A Perspectiva Pluridimensional de Max Weber
4. As Teorias Funcionalistas: Davis e Moore e Talcott Parsons
5. Teorias Contemporâneas de estratificação Social
3ª parte: A Estratificação Social em Portugal
1.Evolução Socio-histórica da Estratificação Social em Portugal
2. As Desigualdades Sociais em Portugal


Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação As metodologias de ensino envolvem a aplicação de aulas teóricas, aulas teórico-práticas e apresentações orais, onde será estimulado o debate colectivo e o pensamento critico. A avaliação é feita pela ponderação das seguintes componentes: participação nas aulas, teste escrito e trabalho de grupo.

Bibliografia principal Carvalho Ferreira, J. M. et al. (1995), Sociologia, Lisboa, McGraw-Hill
Estanque, Elísio e Mendes, J. Manuel (1998), Classes e Desigualdades Sociais em Portugal — um estudo comparativo, Porto, Afrontamento
Velho, Otávio et al. (orgs.), (1979), Estrutura de Classes e Estratificação Social, Rio de Janeiro, Zahar.
Alonso, Rafael Feito (1995), Estructura Social Contemporánea — las clases sociales en los países industrializados, Madrid, Siglo XXI, 1997.
Bourdieu, Pierre (1979), La Distinction — critique sociale du jugement, Paris: Minuit.
Dahrendorf, Ralf (1959), Las clases sociales y su conflicto en la sociedad industrial, Madrid, RIALP, 1974.
Silva, Manuel Carlos (1998), Resistir e Adaptar-se — constrangimentos e estratégias camponesas no Noroeste de Portugal, Porto, Afrontamento.
Wright, E. Olin (1990), The Debate on Classes, Londres, Verso


Língua Português
Data da última atualização: 2017-06-22
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.