Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Sociologia
  4. Sociologia Política

Sociologia Política

Código 13140
Ano 2
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária TP(60H)
Área Científica Sociologia
Tipo de ensino Diurno, presencial
Estágios Não aplicável
Objectivos de Aprendizagem - Facultar um quadro teórico-metodológico que facilite uma percepção sociológica dos fenómenos políticos;
- Analisar as características e mutações dos fenómenos políticos na actualidade;
- Promover um espírito crítico e um corte com o senso comum na interpretação dos fenómenos políticos;

- Os estudantes deverão ser capazes de compreender o modo como se estruturam as relações de poder nas sociedades contemporâneas;
- Os estudantes deverão ser capazes de interpretar os fenómenos políticos numa base científica e metodológica;
- Os estudantes deverão ser capazes de analisar criticamente as principais teorias micro e macro-sociológicas de interpretação do Estado moderno e das relações de poder;
- Os estudantes deverão ser capazes de reconhecer e avaliar criticamente as principais características e mudanças dos sistemas democráticos contemporâneos, em perspectiva comparada, e com destaque para a interpretação da realidade portuguesa.
Conteúdos programáticos CAPÍTULO I – POLÍTICA E CIÊNCIAS SOCIAIS

1. O que é a política?
2. A multidisciplinaridade da análise política
3. Poder, autoridade e dominação na teoria sociológica

CAPÍTULO II – ESTADO, SOBERANIA E GLOBALIZAÇÃO

1. O Estado e o Cidadão
1. Teorias do Estado
2. Estado-Nação, soberania e globalização

CAPÍTULO III – O PROCESSO DEMOCRÁTICO

1. Introdução ao processo democrático
2. A formação das lógicas de representação
3. Formações políticas – partidos, grupos e movimentos
4. O processo eleitoral: teorias e análise do caso português
5. A Democracia partidária em Portugal
6. A dimensão ideológica da política – a esquerda e a direita
7. Populismo
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Aulas teóricas e teórico-práticas que combinam a exposição de matérias com a discussão de textos e de problemáticas da actualidade que directa ou indirectamente possam sustentar ou justificar as matérias em análise. A utilização de recursos online procura uma maior interactividade entre a dimensão expositiva, os contributos dos alunos e a partilha de informação. Poderão ser utilizados recursos de multimédia em situações particulares, que facilitem uma melhor relação entre a exposição teórica e a interpretação dos fenómenos políticos.

A avaliação final depende da avaliação obtida em dois testes escritos (45% cada teste) e participação e assiduidade (10%). Encontram-se em sistema de avaliação contínua os estudantes que cumpram todos os momentos de avaliação, assistam a pelo menos 70% das aulas e obtenham uma classificação mínima média de 7 valores.
Bibliografia principal HELD, David e POLLIT, C. (Eds.), New Forms of Democracy, Sage Pub., Londres
TANSEY, Stephen D. (1995), Politics, the basics, Routledge, Londres
FREIRE, André (2001), Mudança Eleitoral em Portugal, clivagens, economia e voto em Eleições Legislativas (1983-1999), Oeiras: Celta
DUVERGER, Maurice, (1980) Os Partidos Políticos, Zahar Ed., Rio de Janeiro
FREIRE, André e LOPES, F. Farelo (2002), Partidos Políticos e Sistemas Eleitorais, Oeiras: Celta
FREIRE, André, LOBO. Marina C. e MAGALHÃES, Pedro (2004) (org.), Portugal a Votos, Lisboa: ICS
HALL, John A. e IKENBERRY, G. John (1990), O Estado, Ed. Estampa, Lisboa
KIRBY, Mark (1995), Investigating Political Sociology, Harper Collins Publ., Londres
LIPSET, Seymour M. (1992), Consenso e Conflito, Ed. Gradiva, Lisboa
MOUFFE, Chantal (1996), O Regresso do Político, Ed. Gradiva, Lisboa
PIRES, F. Videira (1977), Sociologia Política, Lello & Irmão Editores, Porto
Língua Português
Data da última atualização: 2017-06-23
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.