Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Cinema
  4. Teoria dos Cineastas

Teoria dos Cineastas

Código 13570
Ano 1
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(45H)
Área Científica Cinema
Tipo de ensino Presencial.
Estágios Não se aplica.
Objectivos de Aprendizagem Objetivos:
1. Apresentar uma definição ou entendimento abrangente da noção de "cineasta"
2. Identificar o discurso do cineasta como um pensamento téorico-poético
3. Identificar conceitos do pensamento do cineasta
4. Aplicar conceitos e expressões dos cineastas em diferentes contextos
5. Relacionar pensamento e poética dos cineastas com a teoria do cinema


Resultados de aprendizagem:
1.Consultar e organizar documentação escrita e filmografia de um cineasta com vista a sistematizar o seu pensamento e a poética
2. Enquadrar esse pensamento e poética na história, estética e teoria do cinema
3. Aplicar o pensamento de um cineasta em contextos diferentes da sua conceção original
4. Confrontar o pensamento de um cineastas com conceitos e temáticas da teoria do cinema
Conteúdos programáticos 1. Evolução da teoria do cinema a partir de paradigmas de pensamento.
2. A abordagem "Teoria dos cineastas": alcance e limites. Noção de cineasta.
3. Possibilidades de investigação no âmbito da teoria do cinema a partir dos conceitos, pensamento e poética dos cineastas.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação A classificação final é atribuída ao artigo escrito em co-autoria no qual se terá em conta: a) qualidade científica (60% da nota final); e b) o empenho de cada um dos alunos/as (40% da nota final).
Bibliografia principal André Rui Graça, Eduardo Baggio, Manuela Penafria, "Teoria dos cineastas: uma abordagem para a teoria do cinema" in FAP Revista Científica, Curitiba, v.12, jan./jun., 2015.
André Rui Graça, Eduardo Baggio, Manuela Penafria, Denize Araujo, Teoria dos cineastas, vols I, II e III. Disponíveis em: www.labcom-ifp.ubi.pt/tcinastas
Gilles Deleuze, "O ato de criação", 1987
Jacques Aumont, (2002), As Teorias dos Cineastas, Papirus Editora, 2004.
Jacques Aumont, "Pode o filme ser um ato de teoria?" in Revista Educação e Realidade, no 33,(1), jan/jun pp 21-34, 2008.

Língua Português
Data da última atualização: 2018-07-05
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.