Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Arquitetura
  4. História da Arquitetura II

História da Arquitetura II

Código 15148
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 5
Carga Horária T(45H)
Área Científica Teoria e História da Arquitetura
Objectivos de Aprendizagem O objectivo desta UC é o de se constituir como uma reflexão sobre a produção teórica e prática do mundo arquitectónico da Era Moderna, compreendendo, neste contexto, a sua génese e desenvolvimento, assim como as condicionantes socioculturais que o enquadram. O conhecimento adequado da disciplina de História da Arquitectura deste período em concreto – do Renascimento ao Barroco – visa igualmente uma maior maturidade na reflexão sobre a história da produção e consciência crítica deste momento específico da história, com repercussões inevitáveis na prática e no discurso arquitectónico posterior. Aprender a pensar a Arquitectura desde um ponto de vista complexo e para a qual contribuem um leque alargado de conhecimentos é objectivo essencial a toda a formação em Arquitectura e esta UC filia-se nesse modo de pensar/agir o conhecimento arquitectónico. A consciência da complexidade desta produção deve estruturar uma maior competência discursiva crítica face às propostas várias.
Conteúdos programáticos I. Contexto histórico-cultural do Renascimento:
1. O advento da Idade Moderna na Europa.
2. O culto da Antiguidade Clássica.
3. Renascimento e Humanismo.
II. Arquitectura e Arte do Renascimento – Estruturas clássicas e inovação:
1. Características gerais da Arquitectura Renascentista.
2. Os tratadistas e a construção de um corpo de pensamento.
III. Arquitectura do Renascimento em Itália e sua expansão:
1. Arquitectura e Mecenato em Itália.
2. A Nova Cidade – Arquitectos e obras paradigmáticas.
3. O Renascimento fora de Itália.
IV. O Maneirismo:
1. Contextualização político-religiosa: reforma e contra-reforma.
2. De Miguel Ângelo a Gian Lorenzo Bernini – crise do Classicismo – ruptura e transição.
V. O Barroco:
1. Poder político e marcas culturais e artísticas.
2. Arquitectos e obras paradigmáticas.
VI. O Rococó:
1. A crise da estética barroca.
2. Rococó em França e na Europa.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação As aulas organizam-se em três eixos principais: exposição/discussão de conteúdos, acompanhamento dos trabalhos e apresentação pública dos mesmos.
Avaliação: a) Artigo de avaliação dos conteúdos (individual), 50%; c) Trabalho teórico-crítico de grupo visando um tema incluído no programa da unidade curricular (o tema, a estrutura, a bibliografia específica e o desenvolvimento são obrigatoriamente acompanhados pela docente), 40%, e d) Assiduidade e participação, 10%.
As apresentações finais do artigo individual e do trabalhos de grupo são elementos obrigatórios, sem isso não se efectuará a avaliação dos mesmos. Os artigos e trabalhos que não respeitem as regras académicas de referência de fontes – resultando em plágios directos e plágios indirectos ou conceptuais – e de correcta colocação da bibliografia (formato bibliográfico APA) serão considerados nulos. Nestes casos, os/as alunos/as não poderão ir a exame.
NOTA: Considerando o contexto pandémico poderão ter de ser adaptadas as meto
Bibliografia principal Bibliografia Obrigatória:
Norberg-Schulz, C. (2004). Arquitectura Occidental (5.a tir., 1.a ed.). Barcelona: Gustavo Gili.
Roth, L. M. (2008). Entender la Arquitectura. Sus elementos, historia y significado (6.a tir., 2.a ed.). Barcelona: Gustavo Gili. Watkin, D. (2005). A History of Western Architecture (4.a ed.). New York: Watson-Guptill.

Bibliografia de complementar:
Goitia, F. C. (1996). Breve História do Urbanismo (4.a ed.). Lisboa: Editorial Presença.
Gombrich, E. H. (1999). A História da Arte (16.a ed.). Rio de Janeiro: LTC.
Kostof, S. (2007). Historia de la Arquitectura (Vol. 2). Madrid: Alianza Editorial.
Wiebenson, D. (Ed.). (1988). Los Tratados de Arquitectura: de Alberti a Ledoux. Madrid: Hermann Blume.

Bibliografia metodologia:
Eco, U. (2007). Como se Faz uma Tese em Ciências Humanas (13.a ed.). Lisboa: Presença.
Estrela, E., Soares, M. A., & Leitão, M. J. (2008). Saber Escrever uma Tese e Outros Textos (6.a ed.). Lisboa: Dom Quixote.
Língua Português
Data da última atualização: 2022-07-04
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.