Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Eventos
  3. Candidaturas: Concurso de Ideias UMA Floresta Sustentável para UMA Aldeia+VERDE

Candidaturas: Concurso de Ideias UMA Floresta Sustentável para UMA Aldeia+VERDE

Iniciativa dirigida a aldeias fortemente ameaçadas e prejudicadas pelos incêndios de 2017.

  De 11 de dezembro de 2017 a 31 de janeiro de 2018  

  •   UBI

  Fora da UBI

A Associação Cultural e Desportiva de Beijós (ACDB) e o clube Soroptimist International Estoril Cascais (SIEC) organizam o Concurso de Ideias para um “Plano para UMA Floresta Sustentável para recuperar as florestas das aldeias” e criar um “Beijós+VERDE”. O Concurso, de âmbito nacional, tem como objetivo principal sensibilizar os jovens, os estudantes do Ensino Superior e as populações locais para a problemática da Sustentabilidade, através da elaboração e discussão de trabalhos e de novas abordagens sobre como criar e gerir UMA Floresta Sustentável ao nível da aldeia.

Dirigido a aldeias fortemente ameaçadas e prejudicadas pelos incêndios de 2017, este Concurso é um o contributo para a primeira fase de um processo de reflorestação sustentável, e para a conjugação de esforços e criação de consensos em torno de um Plano de Reflorestação a implementar em fases posteriores.

O Concurso de Ideias está aberto a jovens dos 18 aos 45 anos. Os trabalhos poderão ser apresentados individualmente ou equipas de até três elementos, caracterizadas pela diversidade de género e de especialidade, desde que um dos membros seja estudante do Ensino Superior. Os participantes devem apresentar os trabalhos sob a forma de relatório com o máximo de 15 páginas, excluindo anexos. Poderão ser complementados por material ilustrativo adequado (vídeo, imagens, gráficos, mapas GIS, Powerpoint, etc.), e deverão ser enviados por correio eletrónico para o Clube Soroptimist Estoril Cascais, soroptimistestorilcascais@gmail.com, até 31 de Janeiro de 2018

Os autores dos cinco trabalhos melhor classificados pelo Júri serão convidados a apresentar as suas propostas em sessões locais de discussão e consulta pública. O prémio no valor de 1.500 euros será atribuído ao melhor projeto, contribuindo para o desenvolvimento profissional do(s) vencedor(es). Os outros quatro trabalhos finalistas beneficiarão de um subsídio de 125 euros cada, para reembolso de despesas de deslocação ao terreno.  Poderá haver um reconhecimento especial, para “professor assessor” do trabalho vencedor.

Mais informação
Regulamento 

Data última atualização: 2017-12-11

Data da última atualização: 2017-12-11
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.