Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI cria doutoramento em Media Artes

UBI cria doutoramento em Media Artes

  11 de julho de 2017  

Img:

A formação inovadora estreia-se na Faculdade de Artes e Letras em 2017/2018 e aposta num plano de estudos interdisciplinar que combina várias dimensões artísticas.

A Faculdade de Artes e Letras da Universidade da Beira Interior (FAL-UBI) lança no próximo ano letivo um curso de Doutoramento no âmbito das artes, cujas candidaturas já se encontram abertas.

Trata-se de um 3º Ciclo em Media Artes destinado a docentes, investigadores, criadores, artistas ou profissionais liberais com atividade no sector artístico e cultural, detentores de habilitação académica nos domínios das Artes Visuais, do Design, do Cinema, do Multimédia, da Arquitetura e mesmo das Artes Performativas e interativas.

À semelhança de outros planos de estudos existentes em universidades europeias, este novo curso da UBI propõe um modelo interdisciplinar, que permitirá naturalizar as relações entre disciplinas artísticas artificialmente compartimentadas, mas com problemáticas e meios (media) comuns, seja em ambiente analógico ou digital.

Este programa de doutoramento apresenta outro carácter inovador no panorama nacional: relacionar a investigação com a criação artística, propondo aos estudantes duas vias para obter o grau de Doutor: pela realização de uma tese em sentido convencional ou através do desenvolvimento de um projeto artístico, de uma obra enquadrada teoricamente, promovendo, por um lado, o conhecimento e por outro o aperfeiçoamento artístico de alto nível.

O doutoramento em Media Artes reveste-se de importância estratégica para a UBI, surgindo como corolário das distintas formações existentes nas subáreas científicas do Design (1º e 2º ciclos em Multimédia, Industrial, Moda e Jogos digitais), do Cinema (1º e 2º ciclos), das Ciências da Cultura (1º e 2º ciclos) e da Arquitetura (Mestrado Integrado).

Beneficia ainda da articulação estreita com a Unidade de I&D Comunicação, Filosofia e Humanidades - Labcom-ifp –, financiada pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, em cuja orgânica se integra o Grupo de Artes e Humanidades, com mais de duas dezenas de investigadores doutorados em domínios artísticos, diretamente implicados no doutoramento.

A criação deste programa de 3.º Ciclo assenta ainda no diálogo e aproveitamento de sinergias e de parcerias existentes. No plano internacional, conta já com um protocolo de cooperação com a Faculdade de Belas Artes da Universidade do País Basco, em Bilbau, que prevê o intercâmbio docente e de doutorandos, tendo ainda uma parceria de incidência regional com a ESART do Instituto Politécnico de Castelo Branco.

O doutoramento em Media Artes visa capacitar os investigadores no âmbito das ciências da arte e os artistas a desenvolverem de forma autónoma, rigorosa e qualificada um labor passível de escrutínio e validação no âmbito das Ciências da Arte e da Academia, habilitando-os para o desempenho em diferentes lugares de carreira no âmbito público ou privado, como o sistema de ensino, a administração pública, museus, entidades de programação artística, empresas do sector das indústrias criativas, laboratórios de investigação, agências culturais, etc.

Este curso terá a direção do docente e investigador da FAL-UBI, Francisco Tiago Paiva, coordenador da proposta de criação que mereceu a acreditação pelo período máximo legal de seis anos pelo Conselho de Administração da A3ES - Agência para a Avaliação e Acreditação do Ensino Superior.
 
Neste primeiro ano letivo oferece 15 vagas e tem candidaturas abertas até dia 25 de agosto, que podem ser feitas online.

Mais informação
Doutoramento Media Artes
Plano e Estudos 
Candidatura Online ao 3.º Ciclo 

Partilhar

Data da última atualização: 2017-07-11
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.