Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. “Hospital do Faz de Conta” para as crianças perderem o medo de ir ao médico

“Hospital do Faz de Conta” para as crianças perderem o medo de ir ao médico

  10 de maio de 2018  

Img:

Iniciativa decorre até 16 de maio, na Faculdade de Ciências da Saúde. No sábado, há dia aberto para todas as famílias.

A 11.ª edição do “Hospital do Faz de Conta” (HFC) abre hoje as portas para sete dias a mostrar às crianças da região que não devem ter medo de ir ao médico. Até quarta-feira, dia 16 de maio, os corredores da Faculdade de Ciências da Saúde da Universidade da Beira Interior (FCS-UBI) estão transformados numa unidade hospitalar, por onde vão passar cerca de 800 estudantes de escolas dos distritos de Castelo Branco e Guarda.

No sábado, dia 12 de maio, entre as 9h00 e as 13h00, as famílias são convidadas a participar no Dia Aberto, levando as suas crianças ao HFC. Os mais novos serão os “pais” que acompanham os seus “filhos” – os bonecos –, aos tratamentos.

Este ano, o MedUBI volta dedicar um dos dias às instituições de cidadãos portadores de deficiência da região. Vão participar a AFACIDASE – Associação de Familiares e Amigos do Cidadão com Dificuldades de Adaptação da Serra da Estrela, de Manteigas e a APPACDM da Covilhã.

O HFC é desenvolvido pelo MedUBI – Núcleo de Estudantes de Medicina, com a colaboração de outros cursos da UBI, como Ciências Farmacêuticas e Ciências Biomédicas. O “hospital” é composto por um Consultório Médico, Sala de Tratamentos, área de Imagiologia, Farmácia, sala de Internamento e Bloco operatório.

Nesse“ jogo de faz de conta” as crianças são recebidas e acompanhadas pelos estudantes e fazem o circuito pelos espaços habituais das unidades hospitalares e por uma área dedicada à Educação para a Saúde, onde é explicada a importância da higiene oral, ou da alimentação saudável, por exemplo.

De acordo com a organização, “o HFC tem como principal objetivo ajudar as crianças, num período de não doença, a perder o medo do ambiente hospitalar, entre os quais, o denominado “medo da bata branca”, medo dos instrumentos e das técnicas médicas, entre outros, de uma forma dinâmica e divertida”. É também uma forma de os estudantes adquirirem experiência no contacto com o público infantil, que fará parte do seu futuro profissional.

Mais informação
Hospital do Faz de Conta | Facebook

Partilhar

Data da última atualização: 2018-05-10
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.