Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI prepara-se para ter acreditação institucional da A3ES

UBI prepara-se para ter acreditação institucional da A3ES

  22 de junho de 2018  

  •   UBI

Img:

Conselho Geral analisou Relatório Preliminar na reunião desta sexta-feira.

A Universidade da Beira Interior (UBI) deverá receber a acreditação atribuída às instituições pela A3ES - Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior. O processo está perto de ser concluído e esteve em análise na reunião do Conselho Geral da UBI (CG-UBI) que decorreu esta sexta-feira, dia 22 de junho.

Os elementos deste órgão ficaram a conhecer o Relatório Preliminar da Comissão de Avaliação Externa que “é favorável e vai seguramente conduzir à acreditação da A3ES”, segundo José Ferreira Gomes, presidente do CG-UBI.

Esta avaliação institucional incide sobre a qualidade de desempenho da UBI, globalmente considerado, bem como sobre cada uma das suas unidades orgânicas, tendo em vista proporcionar uma visão geral e integrada da instituição e de cada uma das suas estruturas organizativas autónomas.

Com esta acreditação, a UBI vê certificada a qualidade geral do seu funcionamento e terá uma relação de maior autonomia face à entidade que aprova e acredita o funcionamento dos cursos de Ensino Superior portugueses.

“O conceito destas avaliações por parte da A3ES é dar uma autonomia diferente às instituições em que são detetadas fragilidades, face àquelas com os seus órgãos internos a funcionar solidamente. É importante que a UBI tenha este nível para a aprovação ou acreditação de novos cursos. A expectativa é que isso venha a acontecer mais rapidamente, com esse processo”, considera José Ferreira Gomes.

Na mesma reunião do Conselho Geral, foi avaliado o processo relativo ao Centro de Competências em Cloud, formalizado em 2015, que deverá avançar definitivamente este ano. De acordo com o presidente do CG-UBI existe a expectativa de que o financiamento seja aprovado no próximo mês de setembro e com isso criar um núcleo “muito importante nas áreas das tecnologias de informação e comunicação, particularmente nos serviços às empresas, às entidades públicas e aos cidadãos”. “É um salto importante para a UBI poder incorporar esta atividade no seu tecido”, acrescenta.

Partilhar

Data da última atualização: 2018-06-22
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.