Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Projeto europeu na área do radão aprovado para o LABEXPORAD

Projeto europeu na área do radão aprovado para o LABEXPORAD

  3 de julho de 2018  

Img:

Laboratório instalado no UBImedical é um dos parceiros do “Train the trainees - Train future trainers in radiation protection and nuclear technology”.

O LABEXPORAD - Laboratório de Estudos dos Efeitos do Radão, instalado no UBImedical, vai desenvolver uma parceria estratégica na área do Ensino Superior, designada “Train the trainees - Train future trainers in radiation protection and nuclear technology”. O projeto resulta de uma candidatura ao programa ERASMUS PLUS que recebeu luz verde no final de junho.

Além da Universidade da Beira Interior (UBI), “Train the trainees” envolve mais sete instituições europeias de países como a Bélgica (Haute Ecole Bruxelles-Brabant e Universiteit Hasselt), Espanha (Universitat Politecnica de Valencia), Itália (Universita di Bologna), Alemanha (Hochschule Mannheim University of Applied Sciences), República Checa (Czech Technical University in Prague) e Grécia (Greek Atomic Energy Commission).

Na UBI o projeto é dinamizado pelo LABEXPORAD, sob a coordenação de Sandra Soares, Docente do Departamento de Física (Faculdade de Ciências).

O objetivo principal do projeto é desenvolver uma “formação avançada internacional em tecnologia nuclear e proteção contra a radiação”, através do design de módulos de ensino à distância interativos e de módulos presenciais/laboratoriais.

Os atuais e futuros alunos de engenharia nuclear vão iniciar as suas carreiras num mundo de transição e irão desempenhar um papel importante como especialistas em proteção contra radiação, futuros formadores e professores, supervisores e/ou consultores em proteção contra radiações em todos os sectores. Assim, esta iniciativa surge como uma plataforma estratégica para providenciar a necessária aprendizagem e atualização através do desenho e implementação de um programa de formação na área nuclear que seja atrativo e adequado aos objetivos de desenvolvimento da sustentabilidade (ODS), orientados para a transição para um mundo futuro melhor até 2030.

Este projeto dará resposta às atuais e futuras necessidades de mercado do setor nuclear de engenheiros nucleares qualificados, tecnólogos, profissionais de proteção contra radiação e especialistas em proteção contra radiação. Por exemplo, até 2020, mais de 100 reatores nucleares estarão em fase de paralisação na Europa e a previsão é de que o número aumente 8% ao ano. Muitos profissionais precisam de ser requalificados em contexto de trabalho. Além disso, noutros setores, iniciou-se uma transição tendo em vista a adoção dos objetivos de desenvolvimento da sustentabilidade (ODS), uma série de objetivos que foram acordados pela Assembleia Geral das Nações Unidas em 25 de Setembro de 2015.

Partilhar

Data da última atualização: 2018-07-03
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.