Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Departamento de Ciências do Desporto avalia plantel do Sporting da Covilhã

Departamento de Ciências do Desporto avalia plantel do Sporting da Covilhã

  13 de julho de 2018  

Img:

Os atletas da equipa profissional de futebol submeteram-se a dois dias de testes físicos, coordenados pelos docentes da UBI.

O Departamento de Ciências do Desporto da Universidade da Beira Interior (DCD-UBI) está a colaborar na preparação para a nova época da equipa de futebol do Sporting Clube da Covilhã. Os jogadores da única equipa da região que compete nos campeonatos profissionais – II Liga – realizaram nas instalações da UBI uma série de testes físicos, beneficiando da competência dos docentes e dos equipamentos existentes na instituição.

Com o apoio dos docentes do DCD-UBI, Bruno Travassos e António Vicente, os atletas submeteram-se nos dias 12 e 13 de julho a um conjunto de avaliações sobre aspetos relacionados com a antropometria e a força.

“São testes muitos simples que podem contribuir quer para a prevenção de lesões, quer para aperfeiçoar a individualização do treino, em termos de força, e melhorar a performance de cada um deles”, explica Bruno Travassos, docente com uma vasta experiência na orientação de jogadores, nomeadamente de futsal.

Avaliações físicas como esta apenas são possíveis graças ao investimento em equipamento que foi feito nos últimos anos pelo Departamento e pela própria Universidade, que permitem a realização de testes a jogadores de diferentes modalidades e a preparação de relatórios adequados às necessidades dos treinadores.

“As entidades procuram-nos cada vez mais e a nossa ideia é prepararmos diferentes tipologias de testes que possam ser colocadas à disposição dos clubes, de modo a que possamos recolher dados para investigação e prestar um serviço à comunidade”, salienta o investigador do CIDESD, unidade de investigação que produz trabalho na área da saúde e desporto. Pretende-se, assim, que a “investigação esteja ao serviço da comunidade e permita potenciar a capacidade dos clubes da região e não só, porque a capacidade instalada permite fazer avaliações de qualquer equipa”, acrescenta Bruno Travassos.

A acompanhar a avaliação dos jogadores estiveram o coordenador geral do futebol do Sporting da Covilhã, Vítor Cunha, e o treinador Dito. “Temos de valorizar, em primeiro lugar, a proximidade entre a UBI e o clube”, refere Vítor Cunha. “Não poderia ser de maneira diferente porque a Universidade tem a facilidade, os argumentos, a metodologia e uma panóplia de pessoas credenciadas que não podemos desperdiçar. Como é evidente, o Sporting da Covilhã só tem a beneficiar com isto”, diz ainda o dirigente do clube que detém um importante historial no futebol português.

Dito considera importante a informação que será obtida nos dois dias passados no DCD, para gerir da melhor maneira as capacidades físicas durante os treinos e no decorrer da época. “Quando me falaram nas condições e nas competências que existiam aqui na UBI, concordei de imediato com estas sessões”, conclui o treinador.

O Sporting da Covilhã é um dos cerca de 20 clubes parceiros da UBI no âmbito de um protocolo que disponibiliza conhecimentos científicos, equipamentos e instalações a coletividades da região.

Partilhar

Data da última atualização: 2018-07-13
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.