Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBImedical premeia projetos de combate à COVID-19 e avaliação de matérias-primas

UBImedical premeia projetos de combate à COVID-19 e avaliação de matérias-primas

  9 de outubro de 2020  

Img:

A competição Health Cup organizada pela UBImedical elegeu duas startups que vão agora beneficiar do apoio da incubadora da UBI.

As equipas CovidSight e a Tox et al foram as vencedoras da edição deste ano da competição Health Cup - Capital Semente, organizada pelo UBImedical. O concurso é uma das iniciativas que a incubadora da Universidade da Beira Interior (UBI) promove com o propósito de incentivar a comunidade académica a desenvolver projetos que possam chegar ao mercado.

A startup CovidSight apresenta uma ferramenta tecnológica que utiliza câmaras com algoritmos de visão computacional para verificar automaticamente o cumprimento das normas de segurança da COVID-19, impostas por entidades governamentais, sem intervenção humana ou equipamentos não confiáveis.

Além disso, a ferramenta é capaz de detetar temperatura, distância entre pessoas e uso de máscara (EPI). A startup faz assim uso da inteligência artificial para a deteção de distâncias, uso de EPI e temperatura corporal. Já estão a testar o piloto em Lisboa, no polo tecnológico, com ótimos resultados. A equipa é composta pelos “ubianos”: Vasco Ferrinho Lopes, Bruno Manuel Degardin, João Gaspar Ramôa Gomes e Nuno José Matos Pereira.

A startup Tox et al, composta por três docentes/investigadores da UBI (Ana Sousa, Ramiro Pastorinho e Susana Coelho) tem como foco o uso de modelos e testes de toxicidade aguda e crónica, para a análise e avaliação do risco ambiental de matérias-primas, produtos e subprodutos da indústria. Estão já a colaborar com duas indústrias na área das tintas.

Cada uma destas equipas vai agora receber 5.000 euros e um ano de incubação gratuita na UBImedical. Neste âmbito, terão direito a mentoring e coaching, aconselhamento, apoio em fundraising, conexão com investidores e facilitadores, consultoria em propriedade intelectual e apoio na elaboração do plano de negócios. Este ano, com o selo do projeto europeu BIO-ALL, coordenado pela UBImedical, terão a oportunidade de participar no BioAll Joint International Acceleration Program, um acelerador para apoiar a escalabilidade e crescimento de startups em early stage no sector Bio-Health.

A Health Cup teve lugar online, no dia 1 de outubro, e contou com a participação de seis equipas.  Deste conjunto, cinco fizeram um pitch perante os elementos do júri, apresentando elevada qualidade e maturidade dos projetos. A avaliação coube a docentes e investigadores da Faculdade de Ciências da Saúde (Manuel Lemos, Miguel Castelo-Branco e Ana Paula Duarte) e à gestora da UBImedical, Dina Pereira.

Partilhar

Data da última atualização: 2020-10-09
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.