Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI nos órgãos da Associação do Conselho das Escolas Médicas Portuguesas

UBI nos órgãos da Associação do Conselho das Escolas Médicas Portuguesas

  29 de dezembro de 2020  

Img:

Miguel Castelo-Branco, presidente da FCS, foi eleito vice-presidente do recém-formalizado organismo que reúne as instituições ligadas ao ensino da medicina.

A Universidade da Beira Interior (UBI) foi uma das instituições envolvida na assinatura da escritura pública para a constituição da Associação do Conselho das Escolas Médicas Portuguesas. A constituição formal do organismo que reúne as escolas médicas nacionais realizou-se a 28 de dezembro, no mesmo dia em que foram eleitos os seus dirigentes. Miguel Castelo-Branco, presidente da Faculdade de Ciências da Saúde da UBI, foi escolhido para vice-presidente.

O Conselho de Escolas Médicas Portuguesas (CEMP) surgiu há cerca de 10 anos, com o principal objetivo de harmonizar a atuação das Escolas de Medicina do país em matérias de interesse comum e a promoção de iniciativas de benefício transversal às escolas médicas portuguesas.

De acordo com o comunicado do CEMP, “a constituição desta Associação contribuirá, certamente, para continuar a afirmar o CEMP como uma entidade independente, que assume integralmente a sua responsabilidade e postura cívica, em prol de uma formação médica moderna, nas suas várias vertentes, em que a qualidade e a excelência sejam a garantia duma Educação Médica de base científica, adequada às exigências da sociedade do Século XXI”.

Na assinatura, realizada no Auditório das Sessões Solenes da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, esteve presente Miguel Castelo-Branco, em representação do Reitor da UBI, António Fidalgo.

Henrique Cyrne de Carvalho (Universidade do Porto/ICBAS - Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar), foi eleito presidente o CEMP.

Partilhar

Data da última atualização: 2020-12-29
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.