Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Empreendedorismo e Inovação Social
  4. Psicologia Comunitária

Psicologia Comunitária

Código 12320
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(30H)
Área Científica Psicologia
Tipo de ensino Presencial
Estágios n.a.
Objectivos de Aprendizagem Pretende-se que os alunos sejam capazes de avaliar e intervir em contextos relevantes de acordo com os valores e princípios da Psicologia Comunitária e que desenvolvam as seguintes competências: Compreensão da área de atuação da Psicologia Comunitária; Capacidade para distinguir e integrar os processos de avaliação, prevenção e intervenção comunitárias; Compreensão da especificidade da avaliação de uma comunidade; Capacidade para identificar e caracterizar ações de prevenção comunitária de promoção da saúde/bem-estar, do empowerment e das redes de suporte social; Conhecimentos teóricos relacionadas com as práticas de intervenção comunitária em diferentes níveis ecológicos; Análise e desenvolvimento de projetos de avaliação e intervenção comunitária.; Análise crítica, integração e aplicação de informação científica; Capacidade de aprendizagem auto-orientada; Capacidade para comunicar (oral e escrita); Capacidade de reflexão e decisão.
Conteúdos programáticos 1. Clarificação teórico-conceptual, definição e enquadramento das áreas de atuação e dos princípios orientadores da Psicologia Comunitária.
2. Processo de avaliação de uma comunidade: do planeamento à definição de prioridades de intervenção comunitária.
3. Prevenção e intervenção comunitária: abordagens orientadas para a promoção da saúde e bem-estar.
4. Participação e empowerment: estratégias em diferentes níveis ecológicos.
5. Sentido psicológico de comunidade e redes de suporte social: procedimentos e contextos.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Metodologias de ensino das sessões de contacto teóricas: exposição de conteúdos teóricos; Metodologias de ensino das sessões de contacto teórico-práticas: análise individual e em grupo de materiais de natureza teórica e teórico-prática; análise individual e em grupo de casos práticos; sistematização e apresentação de conteúdos; Metodologias de ensino das sessões de contacto de orientação tutorial: orientação dos alunos no âmbito da realização do trabalho e das atividades teórico-práticas; discussão e esclarecimento de questões dos alunos
Estratégias de avaliação: Teste individual de avaliação de conhecimentos teóricos; Trabalho teórico-prático de realização em grupo (com discussão nas sessões de contacto teórico-práticas) de planificação/estruturação ou de análise crítica de um projeto de intervenção comunitária. A classificação no trabalho teórico-prático depende da participação nas atividades das sessões de contacto teórico-práticas.

Bibliografia principal - Cruz-Sousa, F. (2002). Introduccion a la psicologia comunitaria. Madrid: CCS
- Duffy, K. G. & Wong, F. Y. (2003). Community psychology (3rd ed.). Boston: Allyn and Bacon.
- Maton, K. I., Schellenbach, C. J. Leadbeater, B. & Solarz A. L. (Eds.) (2004). Investing in children, youth, families and communities: Strengths-based research and policy. Washington: APA
- Ornelas, J. (2008). Psicologia comunitária. Lisboa: Fim de Século
- Rappaport, J. & Seidman, E. (Eds.) (2000). Handbook of community psychology. New York: Kluwer Academic
- Sánchez-Vidal, A. (2007) Manual de Psicología Comunitária: Un enfoque integrado. Madrid: Ediciones Pirámide.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-06-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.