Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciências do Desporto
  4. Teoria e Metodologia do Treino Desportivo

Teoria e Metodologia do Treino Desportivo

Código 12440
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 7
Carga Horária T(30H)/TP(30H)
Área Científica Ciências do Desporto
Tipo de ensino Obrigatório
Objectivos de Aprendizagem Aprofundar os conhecimentos e competências sobre os fundamentos das metodologias de treino desportivo para a elaboração de programas de treino, tendo em consideração a especificidade das modalidades desportivas, os objetivos e a idade dos praticantes.

Assim, ao concluir a UC o estudante deve ter adquirido os seguintes resultados de aprendizagem:
? Compreender de forma aprofundada a importância da diferenciação e da especificidade da metodologia do treino;
? Demonstrar conhecimentos sobre avaliação e controlo das necessidades e exigências de diferentes modalidades;
? Aprofundar conhecimentos centrais da programação do treino à escala de uma intervenção específica em função das caraterísticas da modalidade;
? Demonstrar conhecimentos diferenciadores relativamente à programação e periodização em função de determinadas modalidades;
? Demonstrar capacidade de aplicar, mesmo que em situações limitadas, os conceitos fundamentais do planeamento e operacionalização do treino
Conteúdos programáticos 1 Fundamentos do treino desportivo. A necessidade da diferenciação/especificidade do treino em função das modalidades desportivas
2 Fatores de treino
3 A programação do Treino em função da especificidade da modalidade desportiva
4 Preparação desportiva nos jovens, maturação e periodização do treino em crianças e jovens
5 Opção complementar modalidade desportiva
Opção 1 – Metodologia do treino no futebol
Opção 2 – Metodologia do treino no futsal
Opção 3 - Metodologia do treino na Natação
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação A tipologia de aulas nesta UC é fundamentalmente de cariz teórico-prático. Optar-se-á, principalmente, pela exposição oral, e interativos (plataforma moodle, pesquisas on-line). Adotar-se-á uma metodologia de atuação pedagógico-didática predominante de discussão tendo por base os conteúdos teóricos e os problemas práticos vivenciados. Promover-se-ão sempre que possível, o conhecimento de vivências e experiências práticas no âmbito dos conteúdos programáticos de cariz teórico-prático, aliando a exposição à pesquisa, discussão e aplicação dos conteúdos em trabalhos práticos. Pretende-se ainda criar um ambiente de aprendizagem aplicada aos problemas do treino desportivo, pelo que os conteúdos mais teóricos serão apresentados com recurso a exemplos práticos e concretos no âmbito da investigação em Treino Desportivo.
Bibliografia principal Turner, A. (Ed.). (2018). Routledge Handbook of Strength and Conditioning: Sport-specific Programming for High Performance. Routledge.
Marques, MC. (2004). O Trabalho de Força no Alto Rendimento Desportivo. Da Teoria à Prática. Ed. Livros Horizonte. Lisboa.
Verkhoshansky, Y. (2002). Teoría y metodología del entrenamiento deportivo. Barcelona: Ed. Paidotribo.
Marques, M.C., & González-Badillo, J.J. (2006). In-season Resistance Training and Detraining in Professional Team Handball Players. Journal of Strength & Conditioning Research, 20(3), 563-571.
Marques, M.C., González-Badillo, J.J., & Kluka, D. (2006). In-Season Strength Training Male Professional Volleyball Athletes. Strength & Conditioning Journal, 28(6), 2-12.
Bompa, T. O. (2000). Total training for young champions. Human Kinetics.
Rampinini, E., Impellizzeri, F. M., Castagna, C., Abt, G., Chamari, K., Sassi, A., & Marcora, S. M. (2007). Factors influencing physiological responses to small-sided soccer games. Journal of Sports Sciences, 25(6), 659 - 666.
Rebelo, A., Brito, J., Seabra, A., Oliveira, J., & Krustrup, P. (2014). Physical match performance of youth football players in relation to physical capacity. European journal of sport science, 14(sup1), S148-S156.
Brito, J., Malina, R. M., Seabra, A., Massada, J. L., Soares, J. M., Krustrup, P., & Rebelo, A. (2012). Injuries in Portuguese youth soccer players during training and match play. Journal of athletic training, 47(2), 191-197.
Costa M.J., Bragada, J.A., Mejias, J.E., Louro, H., Marinho, D.A., Silva, A.J., Barbosa, T.M. (2013). Effects of swim training on energetics and performance. Int J Sports Med, 34(6): 507-513.
Olbrecht, J. (2007). The science of winning: planning, periodizing and optimizing swim training. F&G Partners, Partners in Sport.
Castagna, C., D’Ottavio, S., Granda-Vera, J., & Barbero-Alvarez, J. C. (2009). Match demands of professional Futsal: A case study. Journal of Science and Medicine in Sport, 12(4), 490-494.
Língua Português
Data da última atualização: 2020-06-08
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.