Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Sociologia: Exclusões e Políticas Sociais
  4. Gestão do Voluntariado

Gestão do Voluntariado

Código 13450
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(30H)
Área Científica Sociologia
Tipo de ensino Presencial
Estágios Não aplicável
Objectivos de Aprendizagem Desenvolver nos alunos competências analíticas sobre o conceito, formas e dinâmicas do voluntariado. Capacitação para o enquadramento da acção da sociedade civil e gestão estratégica de programas de voluntariado. Para concluir, com sucesso, a presente unidade curricular, os alunos devem demonstrar ser capazes de:
1. Identificar os principais contextos sociais e institucionais em que se desenvolvem dinâmicas de voluntariado;
2. Reconhecer os principais conceitos e teorias associados ao sub-domínio de análise;
3. Debater o valor social, económico e cultural do voluntariado na sociedade actual;
4. Especificar as principais etapas e instrumentos de gestão de redes de voluntariado;
5. Prosseguir de forma independente dinâmicas de investigação, individualmente e em grupo;
6. Avaliar os efeitos certas opções técnicas sobre a eficiência e eficácia dos programas de voluntariado.
Conteúdos programáticos 1. Enquadramento institucional do voluntariado: as associações
1.1. Portugal: um país de associações?
1.2. O exercício da democracia associativa
1.3. Do assistencialismo à solidariedade e da solidariedade ao empreendedorismo social
2. O voluntariado e os voluntários
2.1. Já não há voluntários! Medindo o voluntariado
2.2. O conceito de voluntariado
2.3. Conceções teóricas sobre o voluntariado
2.4. Novos domínios: voluntariado online, voluntariado corporativo, turismo de voluntariado
3. Para uma gestão do voluntariado
3.1. Quem é o voluntário? Voluntariado e suas motivações
3.2. Formação do voluntariado
3.3. Gestão de redes do voluntariado
Bibliografia principal - Principal

CHACÓN, F. y VECINA, M.L. (2002), Gestion Del Voluntariado, Madrid, Sintesis

FRANCO, R.C. et al. (2005), O sector não lucrativo português numa perspectiva comparada, Porto, UCP / Johns Hopkins University

UNVolunteers (2011), State of The World’s Volunteerism Report, s/l, UNDP

- Complementar

ALBA, B. (2006), Gestion du Bénévolat et du Volontariat , Bruxelles, de boeck

BEIRA SERRA (s/d), Metodologia para a Implementação de Redes de Voluntariado, Covilhã, Beira Serra

CMPorto (2006), Voluntariado na Cidade do Porto – resultados do Inquérito às Instituições do Sector, Porto, CMPorto

DELICADO, A.et al (2002), Caracterização do Voluntariado em Portugal, Lisboa, ICS

ILO (2011), Manual on the Measurement of Volunteer Work, Geneve, International Labour Organization

MÉDICOS DEL MUNDO (2002), Manual de Gestión del Voluntariado, Madrid, MTAS (disponível online)

MONTEIRO, A. (2004), Associativismo e Novos Laços Sociais, Coimbra, Quarteto
Língua Português
Data da última atualização: 2019-07-19
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.