Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Arquitetura
  4. Desenho I/1

Desenho I/1

Código 14082
Ano 1
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(60H)/TP(60H)
Área Científica Ciências da Representação
Objectivos de Aprendizagem A Disciplina de Desenho I/1 pretende desenvolver a capacidade de observação e a habilidade (conhecimento) do acto de desenho como representação, bem como, potenciar e desenvolver a sensibilidade e imaginário dos discentes para os valores plásticos, icono-plásticos e icónicos do desenho.
O desenvolvimento da capacidade de observação implica a simultaneidade do conhecimento dos sistemas perceptivos responsáveis, bem como dos sistemas de formalização do desenho como meios privilegiados de conhecimento e entendimento.
Importa reconhecer o desenho como expressão gráfica de uma intencionalidade que deve procurar a sua matriz na assimilação e acomodação do conhecimento. Conhecimento que desse modo será transformado num saber individual e subjectivo de carácter tácito quer sobre, o património do Desenho e da Arquitectura, quer sobre os meios de expressão. O desenho aprende-se desenhando e reflectindo sobre a sua prática.
Conteúdos programáticos Os conteúdos programáticos específicos serão inseridos nos exercícios e tratados de forma holística e não analítica.
As características neuroperceptivas visuais e somáticas – os limites do real; a percepção visual; o sistema somatossensorial e a percepção do corpo; a acção na construção do espaço e a sua representação; o organismo como um todo.
Tratar-se-ão dos elementos de desenho e suas características perceptivas e expressivas específicas: o traço, como limite, como contorno e como objecto; a mancha como região, como figura, como forma; a textura e seus atributos, a mácula, a linha e o grão; a forma e a estrutura portante e modular; a cor como elemento síntese de características próprias, compositivas e relacionais; a organização perceptiva dos objectos – agrupamentos, regiões e a textura – figura e fundo – composição - contexto na representação. Os limites do espaço e os planos de representação – plano frontal e o plano oblíquo ou inclinado e o observador.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Desenvolvimento de um conjunto de exercícios práticos, elaborados e acompanhados na aula e virtualmente através de sistemas de telepresença. Será dado suporte teórico, de acordo com o exercício em curso.
Lançamento de exercícios através de um enunciado específico, com descrição dos objectivos, dos materiais a utilizar, do formato a apresentar, do tempo de duração.
Os exercícios serão adequados aos objectivos da disciplina, e constam de 8 exercícios principais (cada um 1 a 2 semanas), havendo ainda lugar a exercícios paralelos e rápidos ou análise do caderno de esboços, que permitam um melhor entendimento dos objectivos.
Os trabalhos serão apresentados e discutidos no espaço da aula. Existindo três momentos de avaliação onde os respectivos exercícios serão apresentados num portfólio de formato A2 e em formato digital (PPT ou PDF)
A avaliação é contínua, podendo ocorrer presencialmente ou à distância através de sistemas informáticos. Não há lugar a exame final.

Bibliografia principal Arnheim, Rudolf (1998) Arte e Percepção Visual: uma psicologia da visão criadora. Col. Arte, Arquitectura, Urbanismo. S. Paulo: Livraria Pioneira Editora. ISBN- 9788522101481
Gombrich E H (1962) Art and Illusion, Phaidon Press, London.
Gregory R L (1970) The Intelligent Eye, McGraw-Hill, New York, USA.
Hill E (1966) The Language of Drawing, Prentice-Hall, London.
Archer L B (1997) 'Drawing as a Tool for Designers', Proceedings of the Future of Drawing in Design conference (Ed. Moscovitch T), Huddersfield Univ., UK, pp. 39-42
Verstijnen I M (1997) Sketches of Creative Discovery, Doctoral thesis, Technical University of Delft, Netherlands.
Purcell A T & Gero J S (1998) 'Drawings and the design process', Design Studies, Vol 19, No 4, pp.389-430.
Wong, Wucius (2010) Princípios de Forma e Desenho. S. Paulo: Martins Fontes. ISBN- 9788578272586
Zumthor, Peter (2006) Atmosferas: as coisas que me rodeiam. Barcelona
Língua Português
Data da última atualização: 2021-02-08
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.