Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Engenharia Civil
  4. Estruturas Laminares

Estruturas Laminares

Código 14598
Ano 2
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária PL(30H)/T(30H)
Área Científica Mecânica e Estruturas
Objectivos de Aprendizagem A unidade currícular tem como objetivo conferir aos estudantes o domínio na análise de estruturas laminares, nomeadamente, lajes, placas, membranas ou cascas, idendificando e aplicando as ferramentas disponíveis, tendo em conta o tipo de sistema estrutural em análise. Adicionalmente pretende-se conferir a capacidade de definir as condições de fronteira adequadas e estabelecer técnicas de modelação coerentes e eficazes. Do ponto de vista da análise do comportamento estrutural pretende-se conferir noções de caminhos de forças e, sob o ponto de vista do projeto, introduzir métodos de dimensionamento como o método dos “modelos de escoras e tirantes”. No domínio de estruturas de casca com forma espacial predente-se conferir noções de procedimentos de obtenção de forma e do entendimento de relações entre forma e forças.
Conteúdos programáticos 1.Teoria das lajes e das placas
2.Teoria das cascas e de membranas
3.Métodos numéricos de análise estrutural
4.Introdução e aplicação do conceito de caminhos de força
5.Introdução e aplicação do metodo dos “modelos de escoras e tiranres”
6.Obtenção de forma de estruturas espaciais
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação A metodologia de ensino será baseada em duas componentes. A primeira é de exposição teórica baseada nos conteúdos programáticos, com exposição, discussão e estabelecimento de conclusões sobre todos os aspetos relevantes desde as teorias associadas aos aspetos de análise e dimensionamento. A segunda componente é de carater prático centrada em problemas específicos de estruturas laminares, envolvendo modelação, análise estrutural, interpretação de resultados e dimensionamento. A resolução dos problemas recorre a ferramentas de cálculo automático disponíveis, de nível mais ou menos avançados e à criação de eventuais rotinas complementares que facilitem a modelação ou a utilização dos resultados de análise.. A metodologia de avaliação recorre à realização de testes em que os estudantes são confrontados com questões de natureza teórica e problemas de aplicação prática. Adicionalmente, a avaliação recorre a trabalhos práticos de análise e dimensionamento de estruturas laminares
Bibliografia principal - Timoshenko, S. (1970). Theory of elasticity. Auckland: McGraw-Hill.
- Timoshenko, S., & Woinowsky-Krieger, S. (2015). Theory of plates and shells. New Delhi: McGraw-Hill Education.
- Zienkiewicz, O. C., & Taylor, R. L. (2014). The finite element method. Oxford: Butterworth-Heinemann.
- Flügge, W. (1990). Stresses in Shells. Berlin: Springer-Verlag.
- Ventsel, E. (2001). Thin plates and shells: Theory, analysis, and applications. New York: Marcel Dekker.
- D. Kelly and M. Elsley, "A procedure for determining load paths in elastic continua," Engineering Computations, Vol. 12,pp. 415 – 424, 1995.
- Schlaich, J., Shafer, K., Jennewein, M., 1987. Toward a Consistent Design of Structural Concrete. PCI Journal 32(3):74.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-04-03
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.