Conteúdo / Main content
Menu Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Empreendedorismo e Inovação Social
  4. Metodologias Avançadas de Apoio à Investigação

Metodologias Avançadas de Apoio à Investigação

Código 16571
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(30H)
Área Científica Sociologia
Tipo de ensino presencial
Estágios não se aplica
Objectivos de Aprendizagem O objectivo primordial da unidade curricular é capacitar os e as estudantes para o processo de investigação/intervenção. Pretendemos preparar as e os discentes para a elaboração de um projeto que possa, eventualmente, servir de base à realização da sua dissertação/projeto/estágio com relatório. Esta unidade curricular pretende formar a ou o estudante nos seguintes aspectos teórico/metodológicos:
1. Desencadear um pensamento cientifico, treinando procedimentos para que um dado fenómeno seja pensado a partir do enfoque do empreendedorismo e da inovação social;
2. Apetrechar os e as discentes com as ferramentas necessárias para que possam construir um projecto de investigação ou intervenção em EIS.
Conteúdos programáticos 1. O processo de investigação científica versus a intervenção social
2. O desenho de projecto de investigação/intervenção: título, tema e problema, revisão teórica, objectivos e metodologia e desenho, cronograma, referências.
3. A realização da investigação/intervenção: recolha dos dados, tratamento dos dados, análise e interpretação dos dados, redacção do trabalho final; conceção e desenho de um plano de atividades
4. Elaboração de um projecto de investigação/intervenção (aplicação).
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação O trabalho é essencialmente prático e individual, de concretização de uma proposta de trabalho por cada discente. As sessões letivas accionam o trabalho em equipa como rede de suporte e partilha e a docente tem o papel de tutora neste processo. Neste sentido os critérios de avaliação vão consistir em dois trabalhos:
1) trabalho final de projeto individual
2) trabalho de exploração de uma ou mais técnicas de investigação/intervenção a incluir no projeto
Bibliografia principal Almeida, F., Seixas, A., Gama, P., & Peixoto, P. (2015). A fraude académica no Ensino Superior em Portugal: um estudo sobre a ética dos alunos portugueses. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.
Becker, H. (2015). Truques da escrita: para começar e terminar teses, livros e artigos. Rio de Janeiro: Zahar.
Belcher, W. (2010). Cómo escribir un artículo académico em 12 semanas. México DF: FLACSO.
Biggam, J. (2008). Succeeding with Your Master’s Dissertation. NY: McGraw-Hill.
Greetham, B. (2001). How to write better essays. NY: Palgrave.
Macamo, E. (2016). Sociologia Prática. Como alguns sociólogos pensam. Maputo: UEM.
Marçal, D. (2014). Pseudociência. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos.
Martin, E. (2018). Ler, escrever e publicar no mundo das ciências sociais. Revista Sociedade e Estado, 33(3), 941-961.
Walliman, N. (2011). Research Methods. The Basic. NY: Routledge.
Língua Português
Data da última atualização: 2024-06-16
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.