Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Eventos
  3. Resumo das Regras de Funcionamento - 1º semestre letivo 2020/21

Resumo das Regras de Funcionamento - 1º semestre letivo 2020/21

  De 6 de outubro de 2020 a 15 de janeiro de 2021  

  Avisos

Documento em permanente atualização. Recomenda-se a sua consulta periódica.

English version

 

CALENDÁRIO ESCOLAR

As aulas do 1º semestre do 1º ano de licenciatura e mestrado integrado começam no dia 6 de outubro e terminam no dia 29 de janeiro. Tal como ocorreu no 2º semestre de 2019/2020, estes estudantes terão apenas uma época de exames (a coincidir com a época de recurso dos restantes estudantes) e ficarão automaticamente inscritos em época especial. 

As aulas do 2º ano e seguintes de licenciatura e mestrado integrado, bem como as aulas de mestrados, começam no dia 21 de setembro e terminam dia 15 de janeiro, com exceção dos Mestrados Integrados de Medicina e Ciências Farmacêuticas, que têm um calendário próprio.

ACESSO AOS EDIFÍCIOS

Nos espaços da UBI é obrigatório o uso de máscaras e a lavagem/desinfeção frequente das mãos.

A circulação nos espaços comuns faz-se pela direita, de acordo com as regras previstas no Plano de Contingência da UBI e/ou as indicações colocadas nos vários locais.

Dentro e fora dos edifícios deve ser respeitada a distância social de dois metros, evitando-se ajuntamentos que ultrapassem o número máximo de pessoas permitido por Lei.

DISPOSIÇÃO DAS SALAS

Os lugares a ocupar nas salas estão devidamente assinalados com uma marca verde, não devendo ser alterada a configuração de cada sala. A primeira fila deve ficar obrigatoriamente livre.

A ocupação dos lugares na sala deve começar pela fila mais distante da porta de entrada, usando-se apenas os lugares assinalados. A saída começará com os estudantes sentados na fila mais próxima da porta. Os estudantes devem ocupar sempre o mesmo lugar na sala de aula atribuída à turma. 

Nas salas de aula com disposição em C, apenas ficam frente a frente os alunos que estão nos topos da mesa, devendo ser lateralmente respeitada a distância de, pelo menos, um metro.

 

REGIME DE LECIONAÇÃO E AULAS

As aulas Teóricas e Teórico-práticas devem decorrer no sistema Presencial híbrido: divisão da turma em dois turnos. Metade da turma assiste à aula em sala de aula enquanto a outra metade assiste à transmissão online síncrona dessa mesma aula. Os turnos mudam de duas em duas semanas para minimizar a utilização de transportes públicos. A divisão da turma deve ser feita por acordo entre docente e estudantes, recomendando-se o registo presencial dos alunos em aula para efeitos de historial epidemiológico, em caso de necessidade.

Os estudantes estrangeiros que aguardam emissão de visto, os estudantes com atestado médico que comprove a sua impossibilidade de assistir às aulas presenciais e os estudantes em quarentena ficarão durante esse período na modalidade de lecionação à distância.

Podem ainda ser usados dois outros sistemas, sendo, no entanto, necessário assegurar que os alunos referidos anteriormente podem assistir às aulas.

Presencial: todas as UCs em que a dimensão da turma seja inferior à capacidade da sala em situação pandémica, de acordo com a indicação colocada nas portas.

Presencial por grupos: A turma é dividida em grupos de estudantes, de acordo com a capacidade das salas escolhidas. Sempre que possível, a aula decorre simultaneamente em diferentes salas de aula, preferencialmente contíguas.

Nas práticas laboratoriais os alunos serão divididos em turnos, de acordo com as capacidades dos laboratórios, sendo a presença obrigatória.

A duração das aulas deve ser reduzida em cerca de 15 minutos para arejamento e renovação do ar. Sempre que possível, a aula deve decorrer com as janelas abertas. Os alunos não devem ter aulas com duração superior a 2 horas sem intervalo.

Não deve haver circulação/partilha de material de qualquer espécie entre professores e estudantes e entre estes últimos. Excetuam-se os casos em que se trate de uma avaliação ou de material laboratorial. Nesses casos, cada estudante deve promover a higienização dos materiais partilhados e desinfetar os equipamentos após o seu uso e antes do utilizador seguinte com o material de desinfeção disponível e, posteriormente, desinfetar as mãos.

O professor deve lecionar com máscara ou viseira.

Caso algum docente/estudante apresente sintomas de COVID-19, a aula deve ser interrompida, deslocando-se a pessoa sintomática para a Sala de Contingência mais próxima. O docente deverá informar a ocorrência ao Gabinete de Segurança da UBI através do 275 329 124 | Ext.: 1057, ou fora do horário de funcionamento através do número 960 462 067.

Caso se trate de um estudante, a turma ficará em quarentena, passando ao sistema de ensino à distância. As aulas presenciais serão retomadas pelo grupo de estudantes que na data da ocorrência estava em sistema à distância, começando na primeira aula da semana seguinte. A rotação dos grupos prossegue quinzenalmente a partir daí.

Ficará em isolamento quem tiver sido diagnosticado com COVID 19 e caso o médico assistente que o/a avaliar disser que não precisa de internamento, assistindo às aulas à distância até à recuperação. Para ficar em isolamento é necessário que a autoridade de saúde preencha o formulário de “Certificação de Isolamento Profilático – Identificação de trabalhadores/alunos em situação de isolamento“.

 

AVALIAÇÕES

As avaliações deverão ser presenciais, exceto nos casos em que os alunos se encontrem fora do país, estejam em período de quarentena ou apresentem atestado médico. (Exames de época especial não incluídos)

As provas públicas de 2º e 3º ciclos deverão ocorrer em regime presencial. Excetuam-se os casos em que os elementos do júri externos à UBI solicitem a participação por videoconferência ou em que o estudante apresente atestado médico que fundamente o impedimento.

 

OUTROS

As situações específicas serão objeto de discussão entre as faculdades/departamentos e a reitoria.

Os estudantes que viajem de outros países para Portugal deverão ser portadores de teste COVID-19 negativo realizado até 72 horas antes de chegarem a Portugal. Em alternativa, na chegada à Covilhã deverão respeitar o período de quarentena de 14 dias. Excetuam-se os casos em que as autoridades locais de saúde não considerem o rastreio necessário.

Todos os estudantes que cheguem de outros países deverão preencher o formulário disponível em https://bit.ly/2DBNDIp




SUMMARY OF OPERATING RULES - 1st  SEMESTER 2020/21

Document in permanent update. Periodic consultation is recommended. 

ACADEMIC CALENDAR

Classes in the 1st semester of the 1st year of undergraduate and integrated master's courses start on October 6th and end on January 29th. As occurred in the second semester of 2019/2020, these students will have only one exam period (at the same time with the appeal period of the other students) and will automatically be enrolled in a special epoch.

The 2nd year and subsequent undergraduate and integrated master classes, as well as master's classes, start on September 21st and end on January 15th, with the exception of Integrated Masters of Medicine and Pharmaceutical Sciences, which have their own calendar.

 

ACCESS TO BUILDINGS

In UBI spaces, masks and frequent hand washing / disinfection are mandatory.

Circulation in common spaces is done on the right, according to the rules provided for in the UBI Contingency Plan and / or the indications placed in the several places.

Inside and outside the buildings, the social distance of two meters must be respected, avoiding gatherings that exceed the maximum number of people allowed by law.

 

ROOM LAYOUT

The seats to be occupied in the rooms are duly marked with a green mark, and the configuration of each room should not be changed. The first row must be free.

The occupation of seats in the room should start with the row furthest from the entrance door, using only the marked places. The departure will begin with the students seated in the row closest to the door. Students must always occupy the same place in the classroom assigned to the class.

In classrooms with a layout of C, only students who are at the top of the table face each other, and the distance of at least one meter laterally must be respected.

 

TEACHING AND CLASSES

Theoretical and theoretical-practical classes must take place in the hybrid system classroom: division of the class into two shifts. Half the class attends the class in the classroom while the other half watches the synchronous online transmission of that same class. Shifts change every two weeks to minimize the use of public transport. The division of the class must be done by agreement between the teacher and the students, and it is recommended the attendance register of students in class for the purpose of epidemiological history, if necessary.

Foreign students that are waiting for a visa, students with a medical certificate proving their inability to attend face-to-face classes and students in quarantine will remain during this period in the distance teaching mode.

Two other systems can also be used, however, it is necessary to ensure that the students mentioned above can attend classes.

Face-to-face: all course units in which the class size is less than the capacity of the room in a pandemic situation, according to the indication placed on the doors.

Classroom attendance: The class is divided into groups of students, according to the capacity of the chosen rooms. Whenever possible, the class takes place simultaneously in different classrooms, preferably contiguous.

In laboratory practices, students will be divided into shifts, according to the capacities of the laboratories, and the attendance is mandatory.

The duration of classes should be reduced by about 15 minutes for ventilation and air renewal. Whenever possible, the class should take place with the windows open. Students should not take classes lasting more than 2 hours without a break.

There should be no circulation / sharing of material of any kind between teachers and students and between these latter. There is an exception in the case of an evaluation or laboratory material. In such cases, each student must promote the hygiene of the shared materials and disinfect the equipment after its use and before the next user with the available disinfection material and, later, disinfect the hands.

The teacher must teach with a mask or visor.

If any teacher / student has symptoms of COVID-19, the class should be interrupted, moving the symptomatic person to the nearest Contingency Room. The teacher must inform the UBI Security Office about the occurrence through phone nr 275 329 124 (9 am / 12:30 pm and 2 pm / 5:30 pm) or 960 462 067 (outside normal opening hours).

If it is a student, the class will be quarantined, passing to the distance learning system. The face-to-face classes will be resumed by the group of students who, on the date of the occurrence, were on a remote system, starting in the first class of the following week. The rotation of the groups continues every two weeks thereafter.

If any student has symptoms of COVID-19, they should stay at home and proceed according to the guidelines of the DGS, calling the Health line 24.

The student who has been diagnosed with COVID 19  should stay in isolation and if the attending physician who evaluates him / her says that he / she does not need hospital stay, should attend distance classes until recovery. To be in isolation, it is necessary for the health authority to fill in the form "Prophylactic Isolation Certification - Identification of workers / students in isolation".

 

ASSESSMENTS

The assessments must be in person, except in cases where students are outside the country, are in quarantine period or have a medical certificate. (Special season exams are not included)

The public exams of 2nd and 3rd cycles must take place in person, except for cases in which the members of the jury outside the UBI request participation by videoconference or in which the student presents a medical certificate justifying the impediment.

 

OTHERS

The faculties / departments and the rectory will discuss specific situations.

Students traveling from other countries to Portugal must have a negative COVID-19 test carried out up to 72 hours before arriving in Portugal. Alternatively, on arrival in Covilhã they must respect the quarantine period of 14 days, except in cases where local health authorities do not consider the screening necessary.

All students arriving from other countries must complete the form available here.

 

Data última atualização: 2020-09-17

Data da última atualização: 2020-09-17
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.