Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Diretores de centros da UBI assumem funções

Diretores de centros da UBI assumem funções

  6 de fevereiro de 2019  

Img:

Responsáveis do Museu de Lanifícios, CFIUTE, CREA e Centro de Óptica vão cumprir mandatos de dois anos.

Os diretores de quatro centros da Universidade da Beira Interior (UBI) entraram esta semana em funções, ficando a dirigir essas entidades nos próximos dois anos. As nomeações abrangem o Museu de Lanifícios, o CFIUTE - Centro de Formação Interação UBI Tecido Empresarial, o CREA - Centro de Recursos de Ensino e Aprendizagem e o Centro de Óptica.
    
O Museu de Lanifícios terá como responsável a Professora Auxiliar do Departamento de Ciência e Tecnologia Têxteis, Rita Salvado. O espaço museológico apresenta o trabalho desenvolvido pela UBI na proteção de património existente na Real Fábrica de Panos, fundada pelo Marquês de Pombal em 1764. Trata-se de um museu de ciência e tecnologia e tem por missão a salvaguarda e a conservação ativa do património industrial têxtil, assim como a investigação e divulgação da tecnologia associadas ao processo de industrialização dos lanifícios.

Quanto ao CFIUTE, é dirigido por Mário Raposo, Professor Catedrático do Departamento de Gestão e Economia e Vice-Reitor da Área de Concursos de Docentes, Atos Académicos e Infraestruturas. Vai continuar na direção de uma estrutura que cumpre uma das missões da UBI, no campo da formação. O CFIUTE tem por objetivo a formação de empresários, trabalhadores do setor público e privado, colaboradores e alunos da UBI, bem como incentivar e reforçar a cooperação entre a Universidade e as empresas.

No CREA - Centro de Recursos de Ensino e Aprendizagem mantém-se a Professora Associada do Departamento de Comunicação e Artes, Manuela Penafria. Fica, assim, à frente desta unidade de apoio à investigação, ao ensino e à prestação de serviços na área do audiovisual, que é composta por estúdios de televisão e rádio e laboratórios de jornalismo online, de fotografia e multimédia, entre outros.

O Centro de Óptica tem como diretora Sandra Mogo, Professora Auxiliar com Agregação do Departamento de Física. Este Centro promove e apoia a investigação e o desenvolvimento científico e tecnológico nas diversas Unidades de I&D e Departamentos da Universidade e presta serviços ao exterior, nomeadamente solicitações de outras Universidades, Laboratórios, Centros de Investigação, organismos e empresas públicas ou privadas, nacionais ou estrangeiras.

Na tomada de posse, que decorreu na segunda-feira, 4 de fevereiro, assumiu ainda funções a nova Chefe de Divisão de Economato e Património, Adélia Abrunhosa. Até agora, desempenhava as funções de Técnica Superior na mesma Divisão de Economato e Património, que integra os Serviços Administrativos.

Partilhar

Data da última atualização: 2019-02-06
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.