Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI colabora com Câmara do Fundão na dinamização do Centro UNESCO

UBI colabora com Câmara do Fundão na dinamização do Centro UNESCO

  26 de março de 2019  

  •   UBI

Img:

O Centro UNESCO - Casas e Lugares do Sentir agrega as várias casas de saber e conhecimento do concelho do Fundão.

A Universidade da Beira Interior (UBI) iniciou uma colaboração com a Câmara Municipal do Fundão que tem por objetivo central a dinamização e promoção do Centro UNESCO - Casas e Lugares do Sentir, especializado na área do património material e imaterial.

Esta valência está sediada na Casa das Memórias António Guterres, na freguesia das Donas, local que recebeu a assinatura do protocolo desta parceria, no dia 23 de março.

A cooperação envolve a Biblioteca da UBI, que prestará ao Centro UNESCO apoio no acesso à base de dados e ações de formação de índole científica, artística, cultural e social, nomeadamente conferências, colóquios, seminários, exposições, celebração de efemérides e na organização e divulgação das mesmas. Já o Município disponibilizará apoio a conferências, colóquios e às ações levadas a efeito pela UBI no mesmo Centro.

Está ainda previsto que dois mestrandos da Universidade da Beira Interior realizem estágios no espaço que agrega as casas de saber e conhecimento do concelho do Fundão, tais como a Casa das Tecedeiras, a Casa do Barro e a Casa das Memórias António Guterres.

O presidente da Câmara do Fundão, Paulo Fernandes, destacou durante a cerimónia a aproximação ao conhecimento que está patente nesta ligação à UBI. “É um protocolo singelo, mas tem um valor simbólico do ponto de vista da aproximação daquilo que são as áreas da investigação, as áreas do conhecimento, até às realidades concretas do nosso território”, afirmou, citado pela Agência Lusa.

Este convénio surge no contexto da permanente aproximação da UBI à região e do comprometimento da academia com a evolução da Beira Interior. “A UBI sem a região não terá sustentabilidade”, afirmou o Reitor António Fidalgo, acrescentando: “As universidades dependem muito das regiões envolventes e o que é um facto é que, neste momento, a UBI consegue apresentar uma dinâmica de atração de pessoas, de captação de investimento de projetos de investigação e, sobretudo, de cooperação com os municípios”.

Foto: Câmara Municipal do Fundão.

Partilhar

Data da última atualização: 2019-03-26
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.