Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Reitoria
  3. Gabinetes e Serviços
  4. GISP - Gabinete Internacionalização e Saídas Profissionais
  5. Mobilidade Estudantes Outgoing
  6. Estudos
  7. Mobilidade Virtual
  8. Candidaturas

Candidaturas

Quem pode participar

Podem candidatar-se à mobilidade virtual estudantes de licenciatura e mestrado inscritos na Universidade da Beira Interior, no ano letivo 2020/2021 dos seguintes cursos:

  • Ciências da Cultura
  • Ciência Política e Relações Internacionais
  • Estudos da Cultura
  • Economia
  • Engenharia e Gestão Industrial
  • Engenharia Informática
  • Gestão
  • Sociologia: Exclusões e Políticas Sociais

 

Período de candidaturas
O período de candidaturas tem início no dia 25 de novembro de 2020 e termina às 23:59 horas do dia 24 de dezembro de 2020.

 

Candidatura
A candidatura é efetuada através de formulário online (ver aqui) e instruída dos seguintes documentos:

  • Histórico escolar do último ano letivo que frequentou;
  • Comprovativo de matrícula no ano letivo 2020-2021;
  • Documento de prova da situação económica financeira que conduz o aluno à necessidade da bolsa para prosseguir os estudos, se aplicável.
  • Documento de prova (declaração médica) de que é estudante com necessidades especiais, se aplicável.

 

Avaliação das candidaturas
As candidaturas são avaliadas e seriadas por um Comité interno.


Número de unidades curriculares em Mobilidade virtual:
Para efeitos de equivalência, o número máximo de unidades curriculares que pode frequentar são duas por semestre e nunca exceder os 15 ECTS.
Não é permitido aos estudantes realizarem unidades extracurriculares ou unidades curriculares de extensão durante o período de mobilidade virtual.

 

Número de vagas
O número de vagas disponíveis pode ser consultado aqui.

 

Duração
O período de mobilidade virtual tem a duração de um semestre académico.

 

Condições de elegibilidade
São condições obrigatórias de elegibilidade:

1) Estar inscrito na Universidade da Beira Interior no ano letivo 2020-2021;

2) Estar inscrito, pelo menos no 2º ano do ciclo de estudos que frequenta.  Aplica-se apenas a estudantes de licenciatura e ciclo de estudos integrado. Não são elegíveis para mobilidade virtual unidades curriculares de 1º ano.

3) Satisfazer todos os requisitos específicos definidos em cada unidade curricular;

4) As unidades curriculares a que se candidata estarem integradas no plano curricular do ciclo que estudos que frequenta;

4) Não estar prescrito no ano letivo em que se candidata e realiza a mobilidade.

 

Critérios de seriação
De maneira a garantir a transparência, o equilíbrio entre o género, equidade social e respeito por pessoas desfavorecidas ou/com necessidades especiais, foram definidos os seguintes critérios para a seleção de estudantes:

C1. Média ponderada referente ao último ano frequentado. Apresentar o histórico escolar;

  Ponderação (P1): 5 pontos

C2. Ter proficiência linguística no idioma exigido pela universidade de acolhimento. Demonstrar conhecimento linguístico no nível exigido, através da realização de um teste online de conhecimento linguístico.

  Ponderação (P2): 5 pontos

C3. Estudantes carenciados e candidatos pela 1ª vez a um programa de mobilidade de estudos. Comprovar através de documento de como é beneficiário de uma bolsa de Ação Social.

  Ponderação (P3): 5 pontos

C4. Estudantes portadores de deficiência. Comprovar através de declaração médica.

 Ponderação (P4): 5 pontos

NFC = ((C1xP1) + (C2xP2) + (C3xP3) + (C4xP4) /20

Em que:

NFC: Nota Final do Candidato

C1, C2, C3 e C4: Nota alcançada em cada uma das condições acessórias

P1, P2, P3 e P4: Ponderador de cada uma das condições

 

Seriação

  • Os resultados da seriação dos candidatos serão ordenados de forma decrescente de acordo com a classificação obtida segundo os critérios definidos;
  • O número de vagas será atribuído aos candidatos com melhor classificação e até atingir o nº disponível;
  • Se um candidato decidir não prosseguir com a aceitação da vaga, essa será atribuída ao melhor classificado seguinte.

Em caso de empate entre dois ou mais candidatos que estejam a concorrer à mesma unidade curricular, terá prioridade o candidato que terá um menor número de créditos para finalizar o ciclo de estudos que frequenta.

 

Proficiência linguística
Com um conhecimento linguístico adequado, o estudante pode candidatar-se a uma universidade de destino com base nos requisitos académicos definidos.
Para aferir o conhecimento linguístico, o estudante terá de realizar um teste online de avaliação de conhecimento linguístico nos idiomas exigidos (Inglês, Francês e Espanhol).
As datas dos testes serão afixadas nesta página.

Os estudantes que apresentem candidatura a unidades curriculares em que é exigido a língua Romena ou Italiano terão de comprovar o seu conhecimento linguístico através de um certificado. Não haverá a possibilidade de realizar teste de conhecimento linguístico nas línguas mencionadas.

 

Reconhecimento Académico
O reconhecimento académico dos resultados de aprendizagem obtidos numa universidade estrangeira é feito, de acordo com o Sistema Europeu de Transferência de Créditos – ECTS.
Na mobilidade de estudos outgoing, recorre-se a dois documentos essências que servem como base ao processo de creditação das unidades curriculares realizadas durante o período de mobilidade: Plano de estudos equivalente e Certificado de notas.

 

Data da última atualização: 11/12/2020
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.