Engenharia e Gestão Industrial


fiabilidade e manutibilidade (7099)

Unidade Curricular de Mestrado: Engenharia e Gestão Industrial

Ano / Semestre 2 / S1
ECTS 6
Carga Horária T(32H)/TP(32H)
Tipo de Unidade Curricular Opcional
Tipo de Ensino
Área Científica Engenharia e Gestão Industrial
Língua Português


Estágios Não aplicável.

Carlos Manuel Pereira Cabrita
Regente

Objetivos Gerais

1) Adquirir os conhecimentos associados aos conceitos de função de um equipamento, de falha e avaria, de modos de falha, de causas de falha, de fiabilidade e suas etapas, de manutibilidade, de taxa de avarias, e de taxa de reparações. 2) Desenvolver os estudos e conhecimentos relacionados com a Manutenção Centrada na Fiabilidade, com as distribuições discretas e contínuas de probabilidade, com a medição da fiabilidade, e com a de sistemas. 3) Abordar os aspectos relacionados com a normalização respeitante à fiabilidade e à manutibilidade, de forma a que os alunos possam tomar contacto e aplicar posteriormente, na sua vida activa profissional, os aspectos regulamentares daquelas duas matérias. 4) estimular o espírito crítico.

Resultados da Aprendizagem

1) Objectivos pedagógicos: obter formação em fiabilidade e manutibilidade (conceitos técnicos, aplicações práticas, e inspecção da qualidade), e em organização dos sistemas de qualidade (manuais da qualidade, auditorias da qualidade, certificação); apreender as diferentes políticas e filosofias de manutenção; apreender as noções e princípios base de organização, planeamento, normalização e qualidade em manutenção industrial, gestão técnica, manutenção assistida por computador, e segurança industrial; desenvolver competências ao nível do controlo da qualidade na indústria, e da manutibilidade dos equipamentos. 2) Contribuição desta unidade para o curso: promover a aplicação dos conhecimentos, da capacidade de interpretação e compreensão adquiridas, para a resolução de problemas e concepção de planos de controlo de qualidade e de manutenção e manutibilidade industrial, que envolvam sistemas e equipamentos.

Conteúdos / Programa

1)Políticas e modelos de manutenção. Manutenção correctiva, preventiva sistemática, preventiva condicionada, e melhorativa. Manutenção produtiva total, manutenção centrada na fiabilidade, manutenção baseada no risco, manutenção centrada na fiabilidade simplificada, fiabilidade de implementação rápida, fiabilidade centrada no operador, manutenção pró-activa. 2) Distribuições de probabilidade. Discretas (lei binomial, lei hipergeométrica, lei de Poisson); contínuas (função normal ou de Gauss, função normal-logarítmica, função exponencial, função bi-variável, função gama, função qui quadrado, função de Student, função de Fisher, função de Weibull), estimativa de parâmetros a partir de dados empíricos experimentais. 3) Fiabilidade. Definição, tipos e causas de falha, fiabilidades intrínseca e extrínseca, análise de modos e efeitos de falha, ciclo de vida, sistemas reparáveis e não reparáveis, RAMS, medição empírica de fiabilidade, cálculo da fiabilidade, curva de mortalidade, fiabilidade de sistemas, casos de estudo. 4)Manutenibilidade. Definição, tempos médios, disponibilidade, normalização, contagens de tempo em exploração, intervalos entre inspecções, casos de estudo.

Bibliografia / Fontes de Informação

Carlos Cabrita, Carlos Silva. Organização e Gestão da Manutenção Industrial. Edição dos autores, UBI, 2002. Carlos Cabrita. TPM. Manutenção Produtiva Total. Teoria, Métodos, Indicadores de Desempenho. Edição do autor, UBI, 2003. Carlos Cabrita, Carlos Fernandes. Manutenção Centrada na Fiabilidade em Accionamentos Eléctricos com Motores de Indução Trifásicos. Teoria, Métodos, Exemplos Práticos. Edição dos autores, UBI, 2005. Carlos Cabrita. Manutenção Industrial. Novas Filosofias e Práticas. Edição do autor, UBI, 2006. Carlos Cabrita. RCM. Manutenção Centrada na Fiabilidade. Teoria, Métodos, Indicadores de Desempenho, Exercícios Práticos. Edição do autor, UBI, 2007.

Actividades de Ensino-aprendizagem e metodologias pedagógicas

Os conhecimentos são transmitidos de uma forma clássica, incentivando-se os alunos a participarem activamente e a realizarem a sua auto-aprendizagem com meios informáticos e bases de dados disponíveis, assim como a estabelecerem contactos com empresas industriais. Adicionalmente, utiliza-se software de aplicação para o cálculo de fiabilidades, manutibilidades, e em funções e distribuições de probabilidades.

Métodos e Critérios de Avaliação

1) Avaliação contínua: realização de dois relatórios escritos ou de dois testes escritos, com a classificação mínima de 10 (dez) valores. 2) Avaliação por exame final: prova de exame final e realização de um relatório, com a classificação mínima de 10 (dez) valores. 3) Fórmulas de cálculo da classificação final: avaliação contínua: NF(nota final)=[N1(nota do relatório 1 ou do teste 1)+N2(nota do relatório 2 ou do teste 2)]/2 avaliação por exame final: NF(nota final)=[NE(nota do exame final)+NT(nota do relatório)]/2

2013 © Universidade da Beira Interior

Contactos

Departamento de Engenharia Eletromecânica

Ext 1811
Tel 275242055

dem@ubi.pt

Edifício I das Engenharias, Calçada Fonte do Lameiro, n.º 1
6201-001 Covilhã

Secretariado
Maria José Fernandes Cecílio