Regulamento Orgânico da UBI - Serviços de Informática

Extrato do Regulamento Orgânico da UBI

Diário da República, 2.ª série — N.º 196 — 10 de outubro de 2014

[...]

Artigo 13.º
Serviços de Informática
1 — Os Serviços de Informática exercem as suas competências nos domínios da informática, dos sistemas de informação e das comunicações e organizam-se em três áreas:

a) Sistemas e Desenvolvimento, que exerce as suas atribuições no domínio da gestão de sistemas, manutenção e conceção de aplicações e padronização de procedimentos técnicos;

b) Microinformática e Suporte ao Utilizador, ao qual compete assegurar a gestão e assistência técnica de todos os equipamentos, aplicações e recursos informáticos geridos pelos Serviços de Informática;

c) Redes e Comunicações, que tem como competências assegurar, manter e zelar pelo bom funcionamento da infraestrutura tecnológica e
garantir a operacionalidade, compatibilidade, consistência, atualidade, fiabilidade e manutenção das conetividades internas e externas.

2 — São competências dos Serviços de Informática:

a) Apoiar a definição das políticas e estratégias;
b) Apoiar a conceção e acompanhar projetos estratégicos;
c) Monitorizar e gerir a qualidade das atividades e realizar auditorias de segurança;
d) Executar as políticas, estratégias e projetos definidos, gerir e operar as infraestruturas, bem como suportar e prestar serviços aos utilizadores;
e) Planear a segurança informática, definindo a estratégia, os procedimentos e as boas práticas, adequadas para as diversas áreas;
f) Planear e apresentar soluções para a melhoria constante de serviços e promoção de processos relativos às certificações de qualidade;
g) Executar outras atividades que, no domínio da gestão de sistemas e infraestruturas de informação e comunicação, lhe sejam cometidas pelos órgãos de gestão.

 

3 — Os Serviços de Informática são coordenados por um Diretor de Serviços, cargo de direção intermédia de 1.º grau, ou por um coordenador técnico.
4 — As áreas são coordenadas por dirigentes intermédios de 2.º ou 3.º grau, ou por especialistas informáticos.

[...]

 

Competências

Área de Sistemas e Desenvolvimento

1. A Área de Sistemas e Desenvolvimento, que exerce as suas atribuições no domínio da gestão de sistemas e manutenção e conceção de aplicações, compreende:

a) Unidade de Sistemas
b) Unidade Desenvolvimento
c) Unidade Web e Conteúdos

2. À Unidade de Sistemas compete:

a) Garantir a elevada disponibilidade das aplicações instaladas pelos SI na Universidade, nomeadamente;
b) Administrar, explorar, monitorizar e atualizar, garantindo níveis elevados de segurança, desempenho e disponibilidade, o hardware e software instalado no datacenter da Universidade;
c) Promover a atualização e evolução gradual das infraestruturas tecnológicas físicas e lógicas de acordo com os recursos financeiros disponibilizados;
d) Garantir a realização e conservação de cópias de segurança do sistema de informação de acordo com os procedimentos e normas estabelecidos;
e) Propor e supervisionar tecnicamente os processos de aquisição da responsabilidade da Área;
f) Elaborar instruções e normas de procedimento relativas à utilização de equipamentos e serviços sob a responsabilidade da Área;
g) Monitorizar de forma regular e preventiva a segurança informática existente;
h) Apoiar, no âmbito das respetivas competências, a concretização de projetos de investigação e cooperação promovidos pela Universidade;
i)  Monitorizar e gerir a qualidade das atividades desenvolvidas

3. À Unidade de Desenvolvimento compete:

a) Planear, conceber, desenvolver e manter aplicações, em resposta a necessidades transversais identificadas na estrutura da Universidade, cuja concretização esteja a cargo dos SI:
b) Assegurar o desenvolvimento e testes das aplicações de acordo com as normas técnicas internas e as melhores práticas do mercado de sistemas/tecnologias de informação;
c) Garantir a administração de bases de dados transversais à Universidade;
d) Manter atualizadas e assegurar a evolução das arquiteturas internas de tecnologias de informação;
e) Assegurar a gestão de projetos de reformulação e reengenharia de processos nos sistemas de informação;
f)  Executar as ações necessárias para uma eficaz gestão de alterações de acessos e dados ao nível dos sistemas de informação;
g) Garantir a integração dos sistemas de informação desenvolvidos pelos SI com as aplicações adquiridas a entidades externas;
h) Garantir a manutenção, ou desenvolvimento de novas funcionalidades, de aplicações adquiridas a entidades externas, sempre que seja exequível;
i)  Monitorizar e gerir a qualidade das atividades desenvolvidas

4. À Unidade Web e Conteúdos compete:

j) Planear, conceber, desenvolver e manter a presença institucional da Universidade na world wide web;
k) Organizar e editar informação para publicação;
l) Criar e gerir conteúdos de texto, áudio e vídeo para sítios web e/ou outro tipo de media online;
m) Garantir a integração dos sistemas de informação desenvolvidos com as restantes aplicações desenvolvidas pelos SI;
n)  Monitorizar e gerir a qualidade das atividades desenvolvidas

 

Área de Redes e Comunicações

À Área de Redes e Comunicações compete:

a) Assegurar, manter e zelar pelo bom funcionamento da infraestrutura tecnológica instalada sob responsabilidade da área;
b) Garantir a operacionalidade, compatibilidade, consistência, atualidade, fiabilidade e manutenção das conectividades internas e externas;
c) Elaborar instruções e normas de procedimento relativas à utilização de equipamentos e serviços sob a responsabilidade da área;
d) Definir e implementar medidas de segurança e integridade de equipamentos e serviços sob a responsabilidade da área, bem como consciencializar os utilizadores relativamente a riscos de segurança;
e) Monitorizar permanentemente as vulnerabilidades de segurança informática descobertas sob a responsabilidade da área, avaliando o seu impacto na Universidade e sugerindo, atempadamente, soluções apropriadas;
f) Monitorizar de forma regular e preventiva a segurança informática existente;
g) Manter permanentemente atualizado o registo de todo o software e hardware existente e sob responsabilidade da área;
h) Propor e supervisionar tecnicamente os processos de aquisição da responsabilidade da Área;
i) Apoiar, no âmbito das respetivas competências, a concretização de projetos de investigação e cooperação promovidos pela Universidade;
j) Monitorizar e gerir a qualidade das atividades desenvolvidas.

 

Área de Microinformática

À Área de Microinformática e Suporte ao Utilizador compete:

a) Assegurar a gestão e assistência técnica de todos os equipamentos, aplicações e recursos informáticos geridos pelos SI;
b) Assegurar o estabelecimento e monitorização de acordos de nível de serviço com os utilizadores, garantindo o atendimento e apoio técnico associado à instalação de novas aplicações, gestão de incidentes, problemas e pedidos de alterações através do Serviço de Helpdesk;
c) Escalar/hierarquizar os incidentes e pedidos que não possam ser solucionados pelo Helpdesk dentro dos prazos acordados;
d) Manter permanentemente atualizada a documentação técnica e funcional;
e) Manter registo permanentemente atualizado de todo o software e hardware existente e sob responsabilidade dos SI;
f) Coordenar todos os protocolos institucionais e licenciamentos de software e hardware sob a responsabilidade dos SI;
g) Assegurar a gestão do equipamento informático, definindo políticas de aquisição, inventariação, abate e transferências internas;
h) Monitorizar de forma regular e preventiva a segurança informática existente;
i) Garantir a formação necessária à utilização pela comunidade académica dos sistemas de informação;
j) Monitorizar e gerir a qualidade das atividades desenvolvidas bem como da satisfação dos utilizadores.

 

 

As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação que permitem a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.