Mil crianças levaram “filhos” ao Hospital Faz de Conta

Faculdade   14 de novembro de 2019
Img:

Mais de mil crianças participaram na edição deste ano do Hospital Faz de Conta, promovido pelo Núcleo de Estudantes de Medicina da Universidade da Beira Interior, MEDUBI, iniciativa que hoje chega ao fim.

Ao longo de 5 dias, futuros médicos atenderam pais a brincar para resolver um problema sério, o medo da bata branca, e no final “o balanço é muito positivo”, disse à Rádio Covilhã Maria Rui, coordenadora da iniciativa.

Para além das “consultas e tratamentos”, os estudantes “transformaram” os corredores da faculdade de Ciências da Saúde, “para disfarçar “o branco hospitalar” que têm habitualmente” e levaram para a decoração os “bonecos preferidos dos miúdos”, uma forma de tornar “o espaço mais agradável”, sendo que tudo foi “modelado à imagem do que as crianças gostam” frisa a responsável.

Pela primeira vez a iniciativa atingiu os mil participantes, e “tendo em conta o espaço e o tempo em que decorre não poderá crescer muito mais” explicou ainda a organização à nossa reportagem, salientando que é também necessário “de ano para ano, mudar toda a história” porque há miúdos que “repetem a visita e têm que ser surpreendidos”.

Desde dores de barriga a braços partidos, cirurgias de urgência e programadas, acontece de tudo um pouco neste hospital a brincar, dividido em consultórios, zona de tratamentos e bloco operatório. Há ainda espaço para brincar e histórias dramatizadas direcionadas para a adoção de hábitos de vida saudável.

O Hospital Faz de Conta fecha hoje portas, a organização promete regressar no próximo ano.

in: Rádio Clube da Covilhã
Fotografia copyright: MedUBI

As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação que permitem a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.