You need to activate javascript for this site.
Menu Conteúdo Rodapé
  1. Home
  2. Courses
  3. Optometry and Vision Sciences
  4. Cellular Biology and Histology

Cellular Biology and Histology

Code 12495
Year 1
Semester S1
ECTS Credits 6
Workload PL(30H)/TP(30H)
Scientific area Biomedical Sciences
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação A classificação final do período de ensino-aprendizagem (CEA) é calculada de acordo com a seguinte expressão:

CEA = 65% TP + 35% PL

onde, (TP) corresponde a classificação obtida na componente teórica-prática, definida por duas frequências (F1 e F2) e calculada de acordo com a seguinte expressão:

TP = 50% F1+ 50% F2

A componente prática laboratorial (PL) é determinada de acordo com a seguinte expressão:

PL = 60% EP + 35% DL + 5% P

onde, (EP) corresponde à classificação obtida num exame prático (0 a 20 valores), (DL) à classificação obtida no desempenho laboratorial através da postura e desempenho na execução laboratorial (0 a 20 valores) e (P) à pontualidade (0 a 20 valores).

É necessária a classificação final TP igual ou superior a 9,5 valores (média aritmética dos dois testes teóricos) para aprovação na componente teórica da unidade curricular.
É necessária a classificação final PL igual ou superior a 9,5 valores (na avaliação de desempenho laboratorial e no teste prático) para aprovação na componente prática da unidade curricular.

A classificação de ensino aprendizagem mínima para dispensa ao exame final é de 9,5 valores (média ponderada dos dois testes teóricos e da componente laboratorial).

Nas aulas laboratoriais, todas as faltas que ocorram devem ser justificadas mediante a apresentação de atestado médico ou outra documentação com reconhecida validade no prazo máximo de duas semanas ao regente da unidade curricular. No caso de ocorrem faltas não justificadas, o regente não atribui frequência ao aluno no ano lectivo em vigência, o que impede o aluno de realização de exame final.

A classificação de ensino aprendizagem mínima para admissão ao exame final é de 6 valores (média ponderada dos dois testes teóricos e da componente laboratorial). A falta ou desistência a qualquer uma das provas implica a classificação de zero valores a essa mesma prova.

A classificação no período de exames (CE) será determinada pela seguinte expressão:

CE = 65% E + 35% PL

onde, (E) corresponde à classificação obtida na prova escrita teórica, e (PL) à classificação obtida na componente prática laboratorial durante o período ensino e aprendizagem.

A classificação final durante as épocas de exame implica que a classificação obtida na componente teórica (E) seja igual ou superior a 9,5 valores

CONCESSÃO DE FREQUÊNCIA

TE: Aulas tutoriais de frequência obrigatória (máximo de faltas de 15%) seguindo o programa definido de acordo com os objectivos da disciplina. No caso dos alunos de segunda inscrição ou superior, não é exigida assiduidade obrigatória desde que justifiquem a incompatibilidade de horário. É necessária a classificação final TE igual ou superior a 9,5 valores (em cada um dos testes realizado ou no exame final) para aprovação na componente teórica da unidade curricular.

PL: Aulas orientadas por um docente, de frequência obrigatória (100%) destinadas a aprofundarem alguns dos temas leccionados nas aulas teóricas através de uma abordagem experimental dos problemas em estudo. É necessária a classificação final PL igual ou superior a 9,5 valores (na avaliação de desempenho laboratorial e no teste prático) para aprovação na componente prática da unidade curricular.

Language Portuguese. Tutorial support is available in English.
Last updated on: 2016-06-09

The cookies used in this website do not collect personal information that helps to identify you. By continuing you agree to the cookie policy.