Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Tecnologias e Sistemas da Informação

Tecnologias e Sistemas da Informação

1º Ciclo     Departamento de Informática

Plano de Estudos/Ramos   Tecnologias e Sistemas da Informação
Código DGES
9251  
Área CNAEF 481 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Despacho n.º 16249/2012 - DR 2.ª série, n.º 246, 20 dezembro
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Ef 1317/2011, 18-03-2011
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 180
Outras Informações Informação estatística

Concurso Nacional de Acesso  

Sobre

Objetivos Gerais É amplamente aceite que nas áreas de acelerada evolução tecnológica, como é o caso da Tecnologias e Sistemas da Informação, a desatualização dos profissionais pode ser bastante acentuada. Verifica-se que o país necessita de recursos humanos com formação superior na área da Informática, observando-se grande empregabilidade nesta área. Portanto, face à característica demográfica em Portugal e ao aumento do número de empresas que se têm instalado na Beira Interior, a atual oferta de um curso de Tecnologias e Sistemas da Informação na Beira Interior representa uma desafio ao qual só é possível responder com grande qualidade e atratividade.
A Licenciatura em Tecnologias e Sistemas da Informação, para além de proporcionar a habilitação de um primeiro ciclo de estudos, também possibilita aos estudantes prosseguirem os seus estudos para um segundo ciclo em Tecnologias e Sistemas da Informação ou em algum curso de segundo ciclo equivalente em Informática.
Competências Os licenciados do curso de Tecnologias e Sistemas da Informação terão adquiridos um conjunto de conhecimentos relacionados essencialmente com a informação que os sistemas informáticos podem fornecer a uma empresa, no sentido de a ajudar a definir e a atingir os seus objetivos, assim como com os processos que uma empresa pode implementar ou melhorar usando a tecnologia da informação.
Os Sistemas de Informação centram-se nas características da Tecnologia da Informação, a qual é um complemento dos Sistemas de Informação e cujo foco vai mais para a própria tecnologia do que para o que a informação transporta. Os profissionais das Tecnologias e Sistemas da Informação possuem um misto de conhecimento e de experiência prática, o que os tornam especialistas quer na implementação e manutenção de infraestruturas da tecnologia da informação de uma organização, quer na formação das pessoas que a usam.
Desta forma, os licenciados em Tecnologias e Sistemas de Informação ficam aptos a exercer diversas funções na área da Informática, tais como
- projetar e desenvolver aplicações informáticas, em especial sistemas de informação,
- administrar sistemas informáticos,
- instalar, configurar e fazer manutenção de redes informáticas,
- prestar serviços de consultadoria e de auditoria de sistemas de informação.
Saídas Profissionais O curso permite ao futuro Licenciado trabalhar nas diversas áreas da Informática, em especial:
- desenvolvimento e administração de Sistemas de Informação;
- instalação, manutenção e suporte de Equipamento Informático, em empresas públicas e privadas.
Também estará qualificado a exercer Formação em Informática (após a obtenção de devido certificado) nos diversos organismos que proporcionam esta atividade.
Infraestruturas Os estudantes têm à sua disposição um vasto conjunto de infraestruturas, tais como a Biblioteca Central (com 200 terminais informáticos, aberta das 9 às 23 horas) e uma sala de estudo no departamento, assim como algumas salas específicas do curso, como sejam os laboratórios para aulas:
- 3 laboratórios para aulas práticas de software (com 30 computadores cada),
- 1 laboratório para aulas práticas de hardware (sistemas digitais e arquitetura de computadores),
- 1 laboratório para aulas práticas de redes de computadores e Internet (com routers, switches, cablagem em cobre e em fibra ótica, e wireless),
Além disto, os estudantes têm também acesso às infraestruturas proporcionadas pelos vários grupos de investigação: ALLAB, IT-Covilhã, HULTIG, MediaLab, NetGNA, NMCG, Regain, Release, SD, SEGAL, SociaLab (ver http://www.di.ubi.pt).
Os alunos têm ainda acesso wireless permanente à Internet e aos seus serviços em todo o campus universitário, incluindo nas residências universitárias.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI
A unidade curricular Estágio rege-se pelo Regulamento de Estágios Curriculares (Despacho nº 60/R/2011)

Departamento de Informática

Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã
275 242 081
1601
275 319 899

Responsáveis

Diretor/a de Curso
Carlos Manuel Chorro Simões Barrico
Coordenador de Mobilidade
João Paulo da Costa Cordeiro

Comissões

Comissão Científica
Carlos Manuel Chorro Simões Barrico
Rui Manuel da Silva Fernandes
Paulo André Pais Fazendeiro
Pedro José Guerra Araújo

Comissão de Coordenação Pedagógica
Coordenadores Ano
Delegados Ano

Comissão de Creditação
Carlos Manuel Chorro Simões Barrico
João Paulo da Costa Cordeiro
Rui Manuel da Silva Fernandes
Pedro José Guerra Araújo
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.