Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Engenharia Civil

Engenharia Civil

M. Integrado     Departamento de Engenharia Civil e Arquitetura

Plano de Estudos/Ramos   Engenharia Civil
  Engenharia Civil: Estruturas e Construção
  Engenharia Civil: Geotecnia e Ambiente
Código DGES
9360  
Área CNAEF 582 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Despacho n.º 11990/2015 - DR 2.ª Série, n.º 209, 26 outubro
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Cr 7/2011, 16-06-2011
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 300
Outras Informações Informação estatística
É conferido o grau de Licenciado em Ciências de Engenharia Civil após 6 semestres e aprovação em 180 ECTS

Concurso Nacional de Acesso  

Provas de Ingresso 07 Física e Química
19 Matemática A
Vagas 25 (2016)
Nota Mínima (0-200) Provas de ingresso: 95
Candidatura: 100
Nota do Último Colocado 118.7 (1st phase 2015)
Cálculo da Nota de Acesso Média do ensino secundário: 65%
Provas de ingresso: 35%
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais O objetivo geral do ciclo de estudos é assegurar uma formação especializada em Engenharia Civil, de carácter internacional, necessária ao exercício da profissão com capacidade para assumir elevadas responsabilidades na conceção de soluções de engenharia, servindo o interesse da sociedade em geral e o seu desenvolvimento sustentável. Pretende-se que os futuros Mestres exerçam a profissão de Engenheiro Civil tal como é definida pela Ordem dos Engenheiros, aplicando conhecimentos teóricos, práticos e experimentais, enquadrados por constrangimentos de natureza económica, ambiental, social e ética.
Competências - Aprofundar os conhecimentos nas áreas científicas nucleares da Engenharia Civil, relacionando-as de um modo consistente com as ciências básicas relacionadas, procurando estabelecer bases sólidas para a compreensão das matérias científicas nucleares avançadas e de especialização de Engenharia Civil;
- Desenvolver a aprendizagem de métodos para resolução de problemas complexos e diversificados, no sentido de preparar os futuros mestres para abordarem com facilidade as situações reais da profissão, que, na maioria dos casos, necessitam de soluções específicas originais e não rotineiras;
- Desenvolver competências de comunicação escrita e oral, de modo a permitir uma exposição clara e sem ambiguidades de conhecimentos e raciocínios quer a especialistas quer a não especialistas;
- Desenvolver competências de análise crítica de resultados e soluções técnicas que permitam avaliar a aplicação de metodologias e a substituição destas por outras;
- Desenvolver competências que permitam uma actuação objectiva , afim de separar a informação relevante dos aspectos menos relevantes para a resolução de um determinado problema;
- Desenvolver competências de pesquisa e estudo, de análise e de interpretação crítica de informação que permitam mais tarde continuar a aprendizagem ao longo da vida, de modo autónomo;
- Desenvolver uma consciência de qual o papel do engenheiro civil na sociedade, por forma a garantir uma postura profissional de acordo com os padrões sociais, éticos e morais adequados à actividade do engenheiro civil;
- Desenvolver o gosto pelo conhecimento científico, capacidade empreendedora e inovação, em detrimento da aplicação de metodologias rotineiras;
- Desenvolver competências tecnológicas e científicas que permitam a integração na actividade liberal e empresarial, nos quadros de empresas do ramo de estudos, projectos, consultoria e construção, nos quadros de departamentos técnicos de autarquias e da Administração Central, nos Escolas de Ensino Superior e nos Institutos e Laboratórios de pesquisa e serviços especiais.
Saídas Profissionais A profissão do engenheiro civil é multidisciplinar, pelo que exige conhecimentos profundos e actualizados em diversos domínios. Ao longo da sua vida profissional o engenheiro civil pode intervir em diferentes domínios nomeadamente, das estruturas de edifícios, de pontes, de barragens e de estruturas especiais, de fundações e de modelação do terreno, dos materiais de construção, do seu desempenho, durabilidade, reciclagem e valorização, das tecnologias e gestão da construção, do conforto ambiental e reabilitação de edifícios, da direcção e fiscalização de obras, do abastecimento e da drenagem de águas, do saneamento e tratamento de resíduos sólidos, das vias de comunicação, dos recursos hídricos, do planeamento regional e urbano, entre outros.
Infraestruturas Lab. Construção: Tecnologia e ensaios mecânicos;Ensaios experimentais em modelos experimentais;Durabilidade, ensaios físicos e químicos;Física das construções/qualidade e patologia da edificação;Ensino/aprendizagem;OCRE–Observatório da Construção e Reabilitação de Edifícios.
Lab. Geotecnia:Geologia e mineralogia;Mecânica dos solos;Prospecção geotécnica;Mecânica das rochas e Geotecnia ambiental.
Lab. Hidráulica e Ambiente: Hidráulica fluvial e das estruturas;Saneamento ambiental.
Laboratórios de Mecânica e Estruturas: Análise de estruturas;Resistência dos materiais;Técnicas experimentais em estruturas e Projecto.
Lab. Planeamento e Urbanismo: Análise e modelação e Informática.
Lab. Desenho e Topografia: Topografia e desenho assistido por computador.
Salas e Laboratórios gerais: Sistemas de Informação Geográfica; Salas de Desenho e Salas de apoio aos alunos.
Meios de âmbito geral: Biblioteca Central,Centro de Recursos de Ensino e Aprendizagem e Centro de Óptica.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI

Departamento de Engenharia Civil e Arquitetura

Calçada Fonte do Lameiro
6201-001 Covilhã
275 329 722
3722
275 329 969

Responsáveis

Diretor/a de Curso
Marisa Sofia Fernandes Dinis de Almeida
Coordenador de Mobilidade
Ana Lidia Moreira Machado Santos das Virtudes

Comissões

Comissão Científica
Marisa Sofia Fernandes Dinis de Almeida
Bertha Maria Batista dos Santos
Fernando Manuel Leitão Diniz
Isabel Maria da Conceição Fonseca Gonçalves Falorca
João António Saraiva Pires da Fonseca
Miguel Costa Santos Nepomuceno
Pedro Gabriel de Faria Lapa Barbosa de Almeida

Comissão de Coordenação Pedagógica
Coordenadores Ano
Marisa Sofia Fernandes Dinis de Almeida (1º)
Pedro Gabriel de Faria Lapa Barbosa de Almeida (2º)
Bertha Maria Batista dos Santos (3º)
Isabel Maria da Conceição Fonseca Gonçalves Falorca (4º)
Miguel Costa Santos Nepomuceno (5º)
Delegados Ano
Dayane Oliveira Nery (1º)
Rafael Melo Ramos (2º)
João Pedro Nascimento Dinis Miraldes (3º)
Tiago da Silva Santos (4º)
Mário Jorge Gonçalves Esteves (5º)

Comissão de Creditação
Marisa Sofia Fernandes Dinis de Almeida
Ana Lídia Moreira Machado Santos das Virtudes
Miguel Costa Santos Nepomuceno
Pedro Gabriel de Faria Lapa Barbosa de Almeida
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.