Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciência Política

Ciência Política

3º Ciclo     Departamento de Comunicação e Artes

Plano de Estudos   Ciência Política
Código DGES
PA14
Área CNAEF 313 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Despacho n.º 13488/2014 - DR 2.ª série, n.º 215, 06 novembro | Declaração Retificação n.º 1170/2014 - DR 2.ª série, n.º 222, 17 novembro
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Cr 108/2014, 16-07-2014
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 180
Outras Informações Curso em associação com a Universidade de Aveiro

Regime Geral de Acesso  

Requisitos de Admissão Podem candidatar-se ao Programa Doutoral em Ciência Política UA-UBI:
a) Detentores do título de grau de mestre, ou equivalente legal, na área das ciências sociais e humanas. b) Titulares do grau de mestre, ou equivalente legal, noutras áreas científicas.
c) Titulares do grau de licenciado possuidores de currículo académico e profissional reconhecido como capacitador pela Comissão Científica do Programa Doutoral para a realização do ciclo de estudos.
Vagas 10 (2017)
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais O presente 3º ciclo de estudos, enquanto programa conducente ao grau de doutoramento, visa, de um modo geral, proporcionar uma formação avançada de altíssimo nível e fornecer contributos de valor para a investigação na área da Ciência Política. Dentro deste quadro, são objetivos do curso:
- Fornecer e desenvolver competências metodológicas avançadas, quer na investigação de cariz teórico e conceptual quer na aplicada.
- Familiarizar os formandos com o mais avançado state of the art da investigação nas áreas da Ciência Política em que se articula este curso.
- Aprofundar e desenvolver a reflexão crítica das grandes fontes do pensamento político, sem esquecer a aplicação às questões sociais e políticas mais atuais.
- Incentivar o trabalho interdisciplinar e multidisciplinar interno com recurso às metodologias e saberes de diferentes áreas da Ciência Política.
Competências Os doutorandos que completarem o curso deverão:
-Possuir capacidade de compreensão profunda e sistemática de, pelo menos, um domínio da Ciência Política, o que implica a posse de elevadas competências de pensamento, análise e uso de instrumentos metodológicos.
-Demonstrar capacidades para conceber, projetar e realizar trabalhos de investigação originais e de alto nível em Ciência Política, tendo em conta exigências de qualidade e ética científica.
-Ter realizado um conjunto de trabalhos originais de investigação, dos quais se destaca a tese, suscetíveis de contribuir para o alargamento do conhecimento na área da -Ciência Política, parte dos quais mereça divulgação em publicações com referee.
-Demonstrar capacidades de pensamento, problematização, análise crítica e síntese de ideias complexas
-Ser capazes de, numa sociedade complexa centrada no conhecimento, promover, em contexto académico ou profissional, o conhecimento científico, o bem social e a riqueza cultural.
Saídas Profissionais O Doutoramento em Ciência Política constitui uma excelente base de formação para as seguintes saídas profissionais:

a) Quadros com exercício de funções de índole política e/ou administrativa, a nível nacional e regional, em instituições da administração publica, autarquias locais, empresas públicas e institutos públicos, empresas privadas, bem como em organizações empresariais, partidárias, patronais ou sindicais. Trabalho em fundações e organizações não governamentais.

b) Profissões da comunicação e dos media. Funções da área do jornalismo que requeiram conhecimentos aprofundados e capacidades de análise em matéria política.

c) Profissões de aconselhamento, de consultor ou assessor, de direcção ou de chefia que exijam capacidades de análise política e de decisão política.

d) Profissões do sector dos estudos e da investigação na área da política, em universidades, fundações de índole política, think tanks, empresas de estudos de opinião, etc.

e) Funções em instituições internacionais.
Infraestruturas
Na Universidade de Aveiro, o ciclo de estudos funcionará tendencialmente no DCSPT. Este dispõe de 7 salas de aulas; um laboratório de informática; uma sala de estudo equipada com computadores; e salas de trabalho para doutorandos. Os recursos bibliográficos em Ciência Política na Biblioteca da UA têm crescido exponencialmente desde 2007, com um investimento substancial nesta área. De igual modo, estão disponíveis publicações periódicas e bases de revistas científicas.

Na UBI, o ciclo de estudos funcionará no Pólo I, onde se localizam: salas de aulas equipadas; o Centro de Recursos de Ensino e Aprendizagem; e a Biblioteca Central. O curso conta ainda com a biblioteca especializada do Instituto de Filosofia Prática, unidade de I&D dedicada aos estudos de Ética e Política, e com a sua sala de seminários. As duas universidades proporcionam acesso à Internet e a ferramentas de suporte à investigação e lecionação, e estão preparadas para acesso a pessoas com mobilidade reduzida.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI

Departamento de Comunicação e Artes

Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã
275 242 024

Responsáveis

Diretor/a de Curso
André Barata Nascimento

Comissões

Comissão Científica
André Barata Nascimento
José Manuel Boavida dos Santos
Varqa Carlos Jalali (UA)
Luís Manuel Macedo Pinto de Sousa (UA)

Comissão de Creditação
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-11-27
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.