Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Engenharia Aeronáutica
  4. Física II (Termodinâmica)

Física II (Termodinâmica)

Código 10352
Ano 2
Semestre S1
Créditos ECTS 6
Carga Horária T(30H)/TP(30H)
Área Científica Física e Química
Objetivos Gerais e Resultados de Aprendizagem Fornecer formação básica em conceitos de termometria, calorimetria e termodinâmica. No final da UC o estudante deve ser capaz de estudar um sistema termodinâmico com base nas leis da termodinâmica.
Conteúdos / Programa 1. Âmbito e linguagem da termodinâmica.
2. Lei zero da termodinâmica: temperatura.
3. Primeira lei da termodinâmica: energia.
4. Segunda lei da termodinâmica: máquinas térmicas.
5. Entropia.
6. Significado da entropia.
7. Formalismo termodinâmico.
8. Algumas aplicações.
9. Sistemas abertos.
10. Potenciais termodinâmicos.
11. Terceira lei da termodinâmica, equilíbrio e estabilidade.
12. Teoria da informação.
Bibliografia / Fontes de Informação A - Livro ou texto base
"Fundamentos de termodinâmica do equilíbrio", de Julio Guémez, Carlos Fiolhais e Manuel Fiolhais. Fundação Calouste Gulbenkian,
Lisboa (1998).
B - Outros livros
"A course in thermodynamics", revised printing (2 volumes), de Joseph Kestin. McGraw-Hill, New York (1978).
"A guide to physics problems, part 2: thermodynamics, statistical physics, and quantum mechanics", de Sidney Bernard Cahn, Gerald
Dennis Mahan e Boris Edward Nadgorny. Plenum Press, New York and London (1997).
"A history of thermodynamics: the doctrine of energy and entropy", de Ingo Muller. Springer, Berlin (2007).
"A survey of thermodynamics", de Martin Bailyn. AIP Press, New York (1994).
"Advanced engineering thermodynamics", 3rd edition, de Adrian Bejan. Wiley, New York (2006).
"Applied thermodynamics", 3rd edition, de Onkar Singh. New Age International, New Delhi (2009).
"Classical thermodynamics", de Arnold Munster. Wiley, London (1970).
"Elements of classical thermodynamics for advanced students of physics", de Alfred Brian Pippard. Cambridge University Press, London
(1966).
"Entropy demystified: the second law reduced to plain common sense with seven simulated games", expanded edition, de Arieh Ben-Naim.
World Scientific, New Jersey (2008).
"Equilibrium thermodynamics", 3rd edition, de Clement John Adkins. Cambridge University Press, Cambridge (1983).
"Física II", sebenta de António Rodrigues Tomé. Departamento de Física, Universidade da Beira Interior, Covilhã (2001/2002).
"Fundamental thermodynamics", de Gabriel Weinreich. Addison-Wesley, Reading, Massachusetts (1968).
"Fundamentals of thermodynamics", 7th edition, de Claus Borgnakke e Richard Edwin Sonntag. Wiley, New York (2009).
"Generalized thermodynamics", de Laszlo Tisza. MIT Press, Cambridge, Massachusetts (1966).
"Heat and thermodynamics: an intermediate textbook", 7th edition, de Mark Waldo Zemansky e Richard H. Dittman. McGraw-Hill, Auckland
(1997).
"Maxwell''''''''s demon: entropy, classical and quantum information, computing", 2nd edition, de Harvey Sherwin Leff e Andrew Francis Rex
(editors). IOP, Bristol and Philadelphia (2003).
"Princípios de termodinâmica para engenharia", 6.ª edição. Michael Jay Moran e Howard Neal Shapiro. LTC, Rio de Janeiro (2009).
"Principles of general thermodynamics", de George Nickolas Hatsopoulos e Joseph Henry Keenan. Wiley, New York (1965).
"Problems and solutions on thermodynamics and statistical mechanics", de Yung-Kuo Lim (editor). World Scientific, Singapore (1990).
"Termodinâmica", de Enrico Fermi. Livraria Almedina, Coimbra (1973).
"Termodinâmica", 2.ª edição, de Michael McFall Abbott e Hendrick C. Van Ness. McGraw-Hill, Lisboa (1992).
"Termodinâmica aplicada", 2.ª edição, de Edmundo José Simões Gomes de Azevedo. Escolar Editora, Lisboa (2000).
"Termodinâmica: dos motores térmicos às estruturas dissipativas", de Ilya Prigogine e Dilip Kondepudi. Instituto Piaget, Lisboa (1999).
"Termodinâmica macroscópica: princípios e conceitos", 2.ª edição, de José Joaquim Delgado Domingos, Tiago Morais Delgado Domingos
e Tânia Costa e Sousa. IST, Lisboa (2008).
"Termodinâmica, teoria cinética e termodinâmica estatística", 3.ª edição, de Francis Weston Sears e Gerhard Ludwig Salinger. Guanabara
Dois, Rio de Janeiro (1979).
"The thermodynamics problem solvers: a complete solution guide to any textbook", de REA. Research and Education Association, New
Jersey (1998).
"Thermal physics", 2nd edition, de Colin B. P. Finn. CRC Press, London (1993).
"Thermodynamics: an advanced course with problems and solutions", de Ryogo Kubo. North-Holland, Amsterdam (1976).
"Thermodynamics: an advanced treatment for chemists and physicists", 5th revised edition, de Edward Armand Guggenheim. North-
Holland, Amsterdam (1967).
"Thermodynamics: an engineering approach", 7th edition, de Yunus Ali Çengel e Michael Alston Boles. McGraw-Hill, New York (2010).
"Thermodynamics and an introduction to thermostatistics", 2nd edition, de Herbert Bernard Callen. Wiley, New York (1985).
"Thermodynamics and statistical mechanics", de Walter Greiner, Ludwig Neise e Horst Stocker. Springer, New York (1995).
"Thermodynamics for engineers", 2nd edition, de Merle Clarence Potter e Craig Winfield Somerton. McGraw-Hill, New York (2006).
"Thermodynamics: foundations and applications", 2nd edition, de Elias Panayiotis Gyftopoulos e Gian Paolo Beretta. Dover, New York
(2005).
"Two thousand solved problems in mechanical engineering thermodynamics", de Peter Edward Liley. McGraw-Hill, New York (1989).
Actividades de Ensino-Aprendizagem e Metodologias Pedagógicas Nas aulas teóricas, o docente expõe os conteúdos do programa. Nas aulas teórico-práticas, os alunos resolvem no quadro um conjunto de exercícios estipulado previamente. Os exercícios são retirados de um conjunto de séries de exercícios preparadas pelo docente.
Métodos e Critérios de Avaliação I. Componentes. A avaliação da disciplina terá duas componentes básicas: I.1. Provas Escritas (PE), que representarão 90 % da nota final (18/20 valores). Cada prova incluirá uma parte teórica e uma parte teórico-prática, por vezes misturadas. Esta componente admitirá dois tipos de avaliação: (a) avaliação contínua (dois testes, cujas notas são designadas N1 e N2); (b) avaliação global (um exame, cuja nota é designada NE). A nota desta componente é designada NPE e será a média aritmética de N1 e N2 (para a avaliação contínua) ou a NE (para a avaliação global). I.2. Participação nas Aulas (PA), que representará 10 % da nota final (2/20 valores). A participação reflete o comportamento durante as aulas teórico-práticas. A nota desta componente é designada NPA. II. Cálculo da nota final (NF). A fórmula a usar para calcular a NF será a seguinte: NF=NPE+NPA arredondando às unidades mais próximas. III. Frequência e aprovação. Tem-se a condição de frequência (F) se se tiver assistido a pelo menos 50 % das aulas e obtido ambas as notas N1,N2 >= 5.4/18. Tem-se a condição de aprovação (A) se se tiver a condição F e se a nota NF >= 10. A condição de 50 % de assiduidade às aulas não se aplica se se tiver o estatuto de trabalhador-estudante.
Língua Português
Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.