Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciências da Comunicação
  4. Metodologia do Trabalho Científico

Metodologia do Trabalho Científico

Código 11716
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 6
Carga Horária OT(15H)/TP(45H)
Área Científica Ciências da Comunicação
Tipo de ensino Presencial
Estágios Não há
Objectivos de Aprendizagem Esta unidade curricular visa capacitar os alunos para procedimentos científicos. Para o efeito iremos discutir numa primeira fase, desde um ponto de vista epistemológico, os obstáculos ao conhecimento e os mecanismos indispensáveis para que se possa desenvolver uma praxis científica. Num segundo momento, materializamos as etapas necessárias para que se possa planificar e executar um trabalho de natureza académica. Colocaremos ênfase nas reflexões que permitam um olhar de rigor acerca do campo comunicativo.
Conteúdos programáticos I. Episteme
- O problema do conhecimento
- Os desafios de um agir científico
- A formação das ciências sociais; história das ideias e método(s) para o campo comunicativo.
II. Doxa
- As armadilhas do (pseudo)conhecimento; o risco da plausibilidade.
- A importância da reflexividade para o agir científico. O processo de "descontaminação".
III.Ciência como praxis
0. O grau zero do ofício; pensar metodologicamente
1. Como configurar a pertinência de um problema de estudo? (reflectir acerca da exequibilidade)
2. Que interrogações me suscita esse problema? (o desafio da questão de partida).
3. Onde quero chegar com o estudo? (traçar objectivos para o conhecimento)
4. Qual o grau de complexidade daquilo que temos entre mãos? (o desafio da problematização)
5. E agora, que faço com toda esta discussão conceptual? (modelo de análise e a operacionalização do estudo)
6. Como posso apreender a realidade? (desenhar a aproximação metodológica; pensar o(s) método(s) e a(s) técnica(s) adequada(s) para a recolha de informação).
7. Como trato a informação recolhida? (sistematização, análise e apresentação dos resultados).
8. Como remato o meu trabalho? (tópicos para um pensar final).
9. Referências bibliografias e formatação de trabalhos académicos (Normas).

Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação A metodologia de ensino combinará um registo expositivo/demonstrativo com actividades práticas, que visam capacitar os discentes para a investigação. Desta forma a avaliação levará em linha de conta: 1) a realização de 4 exercícios metodológicos em contexto de aula que devem entregar no final do semestre (60%); 2) a realização de uma prova escrita no dia 23 de Maio (vale 40% da nota final).


Bibliografia principal Almeida, F., Seixas, A., Gama, P., & Peixoto, P. (2015). A fraude académica no Ensino Superior em Portugal: um estudo sobre a ética dos alunos portugueses. Coimbra: Imprensa da Universidade de Coimbra.

American Psychological Association. (2010). Publication manual of the American Psychological Association (6th ed.). Washington, DC: APA.

Becker, H. (2015). Truques da escrita: para começar e terminar teses, livros e artigos. Rio de Janeiro: Zahar.

Eco, U. (1998). Como se faz uma tese em ciências humanas. Lisboa: Presença.

Kumar, R. (2011). Research Methodology. A step-by-step guide for beginners. London: Sage.

Macamo, E. (2016). Sociologia Prática. Como alguns sociólogos pensam. Maputo: UEM.

Marçal, D. (2014). Pseudociência. Lisboa: Fundação Francisco Manuel dos Santos.

Martin, E. (2018). Ler, escrever e publicar no mundo das ciências sociais. Revista Sociedade e Estado, 33(3), 941-961.

Quivy, R., & Campenhoudt, L.V. (2008). Manual de investigação em Ciências Sociais. Lisboa:
Língua Português
Data da última atualização: 2015-04-14
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.