Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Filosofia
  4. Seminário de Ética e Fenomenologia II

Seminário de Ética e Fenomenologia II

Código 13034
Ano 2
Semestre S2
Créditos ECTS 7
Carga Horária OT(5H)/S(40H)
Área Científica Filosofia
Tipo de ensino presencial.
Estágios n.a.
Objectivos de Aprendizagem No final do módulo I espera-se que os alunos conheçam a complexidade das origens do pensamento de Hans Jonas; compreendam as várias dimensões do pensamento de Hans Jonas, com especial enfoque, a questão do imperativo [da] responsabilidade; consigam argumentar e reflectir criticamente sobre o pensamento de Hans Jonas. No final do módulo II os alunos devem estar capacitados para: identificar os elementos distintivos de diferentes paradigmas éticos ecologicamente relevantes; discutir os méritos e as limitações de cada um dos paradigmas.
Conteúdos programáticos Módulo I 1. Introdução a Hans Jonas: os problemas das antigas éticas face aos desafios do presente; 2. Conceitos operacionais em Hans Jonas: o fenómeno Vida (ser e dever ser), mortalidade e moralidade; natureza e tecnologia; o poder e o imperativo [da] responsabilidade; 3. Uma ética para uma Era da Tecnologia: o arquétipo de uma nova Ética e a questão da heurística do medo; 4. Crítica: o valor da vida e a questão do antropocentrismo em Hans Jonas. Módulo II 1. Do antropocentrismo ecológico à ecologia profunda. 2. Da ecologia à ecosofia: a proposta de Arne Naess. 3. Enlaces entre ecologia profunda e ecofeminismo
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Um ensaio sobre tópico leccionado na unidade curricular, com apresentação presencial em contexto de aula.
Bibliografia principal Jonas, H. (1985). The Imperative of Responsibility: In Search of an Ethics for the Technological Age. University of Chicago Press. Jonas, H., Jonas, E., & Vogel, L. (2001). The Phenomenon of Life: Toward a Philosophical Biology (Studies in Phenomenology and Existential Philosophy) (1st ed.). Northwestern University Press. Jonas, H. (2001). The Gnostic Religion: The Message of the Alien God and the Beginnings of Christianity (3rd ed.). Beacon Press. D’Eaubonne, F. (1974, 2020). Le féminisme ou la mort. Paris: Le passager clandestin. Jonas, H. (1984). The imperative of responsability: in search of an ethics for the technological age. Chicago: The University of Chicago Press. Plumwood, V. (1993, 1997). Feminism and the mastery of nature. New York: Routledge. BENNETT, J. (2010). Vibrant Matter. BRAIDOTTI, Rosi; Bignall, Simone (edts.). Posthuman Ecologies, 2019. LÉVINAS, Emmanuel, Totalidade e Infinito, 1961. MIES, Maria; SHIVA, Vandana (edts). Ecofeminism, 2nd edition, 2014.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-06-20
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.