Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI atribui Honoris Causa a Zeinal Bava, Paulo Oliveira e Carlos Salema

UBI atribui Honoris Causa a Zeinal Bava, Paulo Oliveira e Carlos Salema

  2014-07-11       UBI     UBI

Img:

A Universidade da Beira Interior (UBI) vai conceder o grau de Doutor Honoris Causa ao gestor Zeinal Bava, ao empresário Paulo Oliveira e ao docente Carlos Eduardo Salema. A entrega dos títulos será efetuada na Cerimónia Oficial de Abertura do Ano Letivo 2014/2015, no mês de Outubro.

As propostas para a atribuição de título de Doutor Honoris Causa a Zeinal Bava e a Paulo Oliveira foram aprovadas ontem, dia 10 de julho, na reunião do Senado da UBI. A proposta para atribuição do título ao Professor Carlos Eduardo Salema já tinha sido aprovada pela reitoria anterior, e será agora entregue.

A concessão do grau de Doutor Honoris Causa pela UBI destina-se a homenagear personalidades eminentes, nacionais ou estrangeiras, de reconhecido mérito nos domínios do ensino, da ciência, da cultura, da arte e das atividades sociais, que tenham contribuído para o engrandecimento de Portugal ou da Universidade.

Zeinal Bava é, desde junho de 2013, Presidente Executivo do Grupo Oi e da PT Portugal. De abril de 2008 a maio de 2013 foi Presidente Executivo da Portugal Telecom, a maior empresa portuguesa de telecomunicações, com mais de 100 milhões de clientes em Portugal, Brasil, África e Ásia. Fortemente empenhado na criação de uma empresa moderna, ágil e inovadora, promoveu a criação do Data Center na Covilhã. Zeinal Bava será o mais jovem Doutor Honoris Causa da UBI.

Paulo Oliveira é um reconhecido empresário da área dos Lanifícios, é accionista maioritário e Presidente do Conselho de Administração das três empresas do “Grupo Paulo de Oliveira, que inclui a firma “Paulo de Oliveira, SA”, “A Penteadora, SA” e a “Tessimax Lanifício, SA” e também Presidente do Conselho de Administração de "Paulo Oliveira, SGPS, SA" e sócio gerente da "Lanifício Tessilana, Lda" e da "I.P.O - Imobiliária P. Oliveira, Lda.", empregando no total cerca de 1200 trabalhadores. Colaborou ativamente na fundação do CITEVE, em 1990, e do CILAN, em 1992, e na construção do pavilhão de exposições da Covilhã (ANIL) em 1992. Foi grande entusiasta, desde a primeira hora, da implantação do ensino superior na Covilhã e foi um dos primeiros empregadores dos quadros formados na UBI e nas instituições que a antecederam. Foi membro externo do Conselho Geral da UBI entre 2009 e 2013.

Carlos Eduardo Salema foi o primeiro Presidente do Conselho Geral da UBI (entre 2009 a 2013), é Professor Catedrático Convidado e Membro do Conselho Científico da Faculdade de Engenharia da Universidade Católica Portuguesa. É membro efetivo da Academia das Ciências de Lisboa, membro da Academia de Engenharia (de que foi Presidente de 2007 a 2009), membro conselheiro da Ordem dos Engenheiros, membro da Comissão de Acreditação da Ordem dos Engenheiros e membro sénior do Institute of Electrical and Electronic Engineers (IEEE).Desde 1993, é Presidente do Conselho Executivo - atualmente Direção - do Instituto de Telecomunicações, uma instituição privada sem fins lucrativos de utilidade pública, Laboratório Associado, que engloba cerca de 460 investigadores.

Partilhar

Data da última atualização: 2014-07-11
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.