Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Mobilidade de Estágios para estudantes e recém-graduados

Mobilidade de Estágios para estudantes e recém-graduados

O Programa Erasmus + possibilita aos estudantes um período de mobilidade de estágio, em contexto de trabalho, numa empresa/instituição, num país estrangeiro.

A mobilidade a realizar deve estar relacionada com o percurso académico, e ser parte integrante do programa de estudo do estudante.

 

Destinatários Elegíveis

- Estudantes de licenciatura, mestrado, doutoramento e ciclo de estudos integrado, matriculados na Universidade da Beira Interior.

- Recém-diplomados pela Universidade da Beira Interior.

 

Duração da Mobilidade ERASMUS

O período de mobilidade tem uma duração:

- Mínima de 2 meses e máxima de 12 meses;

- Mínima de 2 meses e máximo de 24 meses para o ciclo de estudos integrado.

O estudante pode realizar um ou mais períodos de mobilidade, até um total máximo de 12 ou 24 meses por ciclo de estudo (dependendo do ciclo de estudos), independentemente do número e tipo de mobilidade.

O estágio realizado por recém - graduados deve decorrer no prazo máximo de um ano, após a conclusão do respetivo grau.
A duração da mobilidade é definida pelo GISP, tendo em conta o financiamento atribuído à UBI, pela Agência Erasmus +, Educação e Formação.

 

Bolsa

O montante da bolsa é fixado anualmente de acordo com os valores publicados pela Agência Nacional Erasmus + Educação e Formação.

No caso, de não haver disponibilidade de verba para atribuição de bolsas, os participantes podem realizar a mobilidade com “bolsa zero”.

O valor da bolsa é um contributo para as despesas de deslocação e subsistência durante o período de mobilidade (inclui o valor da viagem).

 

Seguro

O estudante beneficia do seguro escolar durante o período de mobilidade.

Os recém-diplomados devem efetuar uma inscrição nos serviços académicos da UBI, de forma a beneficiar do seguro escolar.

Recomenda-se a contratação de um seguro para danos de carácter pessoal (fora do local de trabalho) durante o período de mobilidade.

 

Apoio Linguístico

O estudante, antes e no fim do período de mobilidade, realiza uma avaliação online de competências linguísticas num dos seguintes idiomas: inglês, francês, alemão, italiano, espanhol, holandês, polaco, checo, dinamarquês, grego e sueco.

O estudante pode também beneficiar de um curso online na língua em que realizou o teste.

A avaliação de competência linguística é obrigatória. A realização do curso é obrigatória para os estudantes que tenham obtido classificação inferior ou igual a B1.

 

Organizações participantes elegíveis

- Instituições de Ensino Superior;
- Qualquer organização, pública ou privada, ativa no mercado de trabalho ou nos domínios da educação, formação e juventude;
- Organismo público local, regional ou nacional;
- Parceiro social ou outro representante da vida profissional, incluindo câmaras de comércio, associações de artesãos /profissionais e organizações sindicais;
- Instituto de investigação;
- Fundação;
- Instituto/escola/centro educativo, a qualquer nível;
- Organização sem fins lucrativos, associação, ONG;
- Órgão que preste serviços de orientação profissional, de aconselhamento profissional e de informação.

Não são elegíveis

- Instituições e outros organismos da UE.

- Organizações gestoras de Programas da UE.

A organização na qual os participantes realizam a sua atividade de mobilidade deve encontrar-se estabelecida num País do Programa.

O país onde vai ser realizada a atividade de mobilidade deve ser distinto do país da instituição de envio e do país de residência do participante.

 

Como Procurar a Entidades de Acolhimento

Os estudantes são responsáveis por encontrar o seu local de estágio, tendo como tarefa fazer os primeiros contactos diretamente junto das instituições do seu interesse e apresentar-lhes a sua candidatura.

Se ainda não tem entidade de acolhimento

- Poderá utilizar alguma das plataformas existentes com ofertas de estágios ao abrigo do Programa ERASMUS + (ex: http://www.praxisnetwork.eu/, https://www.espauk.com/, https://erasmusintern.org/);

- Contacte o Gabinete de Internacionalização e Saídas Profissionais;

- Explore a rede de contactos: colegas, amigos, familiares que já tenham ingressado no mercado de trabalho;

- Contacte o Diretor de Curso, Coordenador de Mobilidade e Docentes, no sentido de perceberam se existem contactos com entidades estrangeiras.

 

Candidatura

1 -  Candidatura à” Entidade de Acolhimento”

O primeiro contacto com a Entidade de Acolhimento deve ser efetuado pelo estudante.

A confirmação do estágio depende da emissão, por parte da “Entidade de Acolhimento” de uma carta de aceitação.

2 -  Candidatura para Estágio Erasmus +

A candidatura a mobilidade de estágios é formalizada em formulário próprio, anexando os seguintes documentos:

                - Curriculum vitae;

                - Carta de Aceitação;

                - Cópia do Cartão do Cidadão.

3 - No caso de ser selecionado,

Para a instrução do processo de mobilidade é necessário entregar no GISP os seguintes: documentos:

Learning Agreement (Plano de Estágios);

- Comprovativo de morada;

- Comprovativo do Cartão Europeu de Saúde e Doença;

 

Critérios de seleção

A seriação dos candidatos a mobilidade de estágios é efetuada através da aplicação dos seguintes critérios:

  1. Estudantes que pretendem realizar um estágio integrado no plano de estudos ou desenvolver o projeto em contexto empresarial/investigação;
  2. Candidatos que apresentam a carta de aceitação, no momento da candidatura;

4 - No regresso

No final da mobilidade o estudante deve:

- Entregar o certificado de estágio, no GISP;

- Preencher e submeter o relatório final online na plataforma Mobility Tool +;

- Entregar o comprovativo da realização do teste final de avaliação linguística.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Data da última atualização: 21-05-2018
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.