Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Química Industrial

Química Industrial

1º Ciclo     Departamento de Química

Plano de Estudos/Ramos   Química Industrial
Código DGES
9225  
Área CNAEF 524 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Despacho n.º 3579/2014 - DR 2.ª série, n.º 46, 06 março
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Ef 1315/2011, 18-03-2011
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 180
Outras Informações Informação estatística

Concurso Nacional de Acesso  

Provas de Ingresso

Uma das seguintes provas:
02 Biologia e Geologia;
07 Física e Química;
16 Matemática.

Vagas 25 (2017)
Nota Mínima (0-200) Provas de ingresso: 95
Candidatura: 100
Nota do Último Colocado 115,6
Cálculo da Nota de Acesso Média do ensino secundário: 65%
Provas de ingresso: 35%
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais Após a conclusão do 1º ciclo em Química Industrial os alunos deverão ter adquirido as competências necessárias ao desenvolvimento de uma actividade profissional no âmbito de laboratórios de análises, de Investigação, nas áreas da Química, Bioquímica e Ambiente.

Assim, os objectivos são:
- incutir nos estudantes o interesse pela aprendizagem da Química nas suas múltiplas vertentes
- proporcionar aos estudantes uma base sólida e equilibrada de conhecimentos no âmbito da Química e de desempenho prático nas actividades laboratoriais
- estimular os alunos para serem autónomos na aplicação das competências adquiridas à resolução de problemas práticos e teóricos
- estimular o estudante para a necessidade da valorização pessoal, a capacidade de análise, argumentação, tomada de decisões, trabalho em equipa, domínio de uma língua estrangeira, cidadania e intervenção cívica, etc.
- proporcionar aos alunos uma base de conhecimento que lhes permitam a continuação dos estudos de forma autónoma
- gerar nos estudantes a capacidade para valorizar a importância da Química no contexto industrial, económico, do meio ambiente e social.

Competências As competências propostas para o 1º ciclo de estudos em Química Industrial encontram-se divididas em específicas e transversais.
COMPETÊNCIAS TRANSVERSAIS
Capacidade de análise, síntese e argumentação
Capacidade de organização e planificação
Conhecer uma segunda língua
Trabalhar em equipa
Capacidade de comunicação oral e/ou escrita
Capacidade de autonomia na aprendizagem
Capacidade de adaptação a novas situações e de tomada de decisões
Ter conhecimentos básicos de informática
COMPETÊNCIAS ESPECÍFICAS
Manipular reagentes, material e equipamento com correcção e respeito pelas
normas de segurança
Seleccionar o material e/ou o equipamento apropriados para efectuar medições
Capacidade para efectuar os cálculos necessários para a preparação de soluções
Conhecer os principais aspectos da terminologia química, nomenclatura, convenções e unidades
Conhecer os princípios e procedimentos usados em análise química e na caracterização de compostos químicos
Conhecer e aplicar as principais técnicas de investigação estrutural, em particular métodos espectroscópicos
Caracterizar os diferentes estados da matéria e conhecer as teorias usadas para os descrever
Aplicar os princípios da termodinâmica em Química
Conhecer a cinética de reacções químicas, incluindo catálise e interpretar mecanismos de reacções químicas
Reconhecer os grupos funcionais em molécula orgânicas, bem como a sua natureza e comportamento
Conhecer as propriedades dos compostos alifáticos, aromáticos, heterocíclicos e organometálicos
Estabelecer as principais vias sintéticas em química orgânica
Relacionar as propriedades macroscópicas com as propriedades de átomos e moléculas individuais, nomeadamente macromoléculas, colóides e outros materiais
Conhecer as técnicas instrumentais de análise e as suas aplicações
Estabelecer balanços de massa e de energia
Conhecer os fundamentos das principais operações unitárias em Engenharia Química
Aplicar os conhecimentos à resolução de problemas qualitativos e quantitativos segundo modelos previamente desenvolvidos
Produzir, apresentar e argumentar, tanto em forma oral como escrita, comunicações, relatórios e pareceres técnicos a públicos constituídos por especialistas e não especialistas
Efectuar procedimentos de laboratório “standard”, em trabalhos de análise e de síntese, envolvendo sistemas orgânicos e inorgânicos
Observar, seguir e medir propriedades, eventos ou alterações químicas e efectuar o seu registo de forma sistemática e fiável e interpretá-lo
Interpretar e saber implementar as normas de gestão ambiental e actuar sobre as operações de tratamento de efluentes industriais
Conhecer e dominar as diversas fontes de informação, nomeadamente bases de dados, bibliografia técnica e efectuar pesquisas bibliográficas
Desenvolver de forma autónoma trabalhos experimentais e interpretar os resultados
Saídas Profissionais Empresas vocacionadas para estudos de impacto ambiental e de controlo da poluição. Indústria alimentar, nomeadamente na transformação, conservação e preservação de alimentos. Controlo de qualidade de matérias primas e produtos. Análise e tratamento de águas. Tratamento de resíduos. Marketing de produtos químicos e equipamentos. Consultadoria em empresas privadas, autarquias ou organismos públicos Laboratórios de análises químicas. Investigação científica.
Infraestruturas O Departamento de Química encontra-se equipado para apoio lectivo e de investigação em
vários ramos da Química, nomeadamente:
- Química do Ambiente
- Química dos Produtos Naturais
- Síntese Orgânica
- Química dos Glúcidos
- Electroquímica Aplicada
- Biotecnologia
- Química das Soluções
- Tecnologia Química
Além dos laboratórios de investigação, existem infraestruturas específicas, nomeadamente, Laboratórios de Microscopia, Análise de Imagem e Raios X.
Existem, ainda, outras infraestruturas de âmbito geral da Universidade, como:
- Biblioteca Central, onde também são disponibilizadas bases de dados de revistas e conferências científicas para consulta e "download"
- Centro de Informática (aberto 24 horas)
- Serviço de redes (interna e externa)
- Serviço de acesso permanente à Internet (com correio electrónico, telnet e www).
- Bares e cantinas
- Residências
- Associação de estudantes

Normas e Regulamentos Regulamentação UBI

Departamento de Química

Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã
275 242 021
1452
275 319 730

Responsáveis

Diretor/a de Curso
Maria João Coito de Jesus Nunes
Coordenador de Mobilidade
Maria Isabel Guerreiro da Costa Ismael

Comissões

Comissão Científica
Maria João Coito de Jesus Nunes
Ana Maria Carreira Lopes
Ana Maria Matos Ramos
Arlindo Caniço Gomes
Maria José Alvelos Pacheco
Henrique José Freitas Cruz
Santiago David Armando Reyes Cortes

Comissão de Coordenação Pedagógica
Coordenadores Ano
Delegados Ano

Comissão de Creditação
Maria João Coito de Jesus Nunes
Ana Maria Carreira Lopes
Maria José Alvelos Pacheco
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.