Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Economia

Economia

2º Ciclo     Departamento de Gestão e Economia

Plano de Estudos/Ramos   Economia
Código DGES
9280
Área CNAEF 314 | Portaria n.º 256/2005
Publicação em Diário da República Despacho n.º 9269/2016 - DR 2.ª série, n.º 138, 20 julho
Avaliação/Acreditação/Registo Acreditação A3ES
Registo DGES R/A-Ef 1327/2011, 18-03-2011
Regime de Funcionamento Diurno
ECTS 120

Regime Geral de Acesso  

Requisitos de Admissão

Podem candidatar-se, de acordo com o disposto no artigo 17.º do Decreto-lei n.º 74/2006, de 24 de março:
a) Titulares do grau de licenciado ou equivalente legal;
b) Titulares de um grau académico superior estrangeiro conferido na sequência de um 1.º ciclo de estudos organizado de acordo com os princípios do Processo de Bolonha por um Estado aderente a este Processo;
c) Titulares de um grau académico superior estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos; e
d) Detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando capacidade para realização deste ciclo de estudos pelo órgão científico estatutariamente competente do estabelecimento de ensino superior onde pretendem ser admitidos.

Vagas 25 (2017)
Critérios de Seleção e Seriação Economia 2017
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais (i) Aprofundar os conhecimentos metodológicos e técnicas no domínio das teorias económicas a um nível avançado nas áreas fundamentais de: Microeconomia; Macroeconomia; Econometria; e Cálculo para Economistas; e nas áreas de Economia Aplicada; Economia Financeira; e Economia Industrial (ii) Atualizar e aprofundar os conhecimentos nas áreas referidas relativamente ao nível adquirido nos cursos de licenciatura; (iii) Fornecer as metodologias e as técnicas necessárias à análise e investigação nos domínios fundamentais da economia teórica e aplicada; (iv) Treinar a utilização de programas informáticos de apoio às técnicas econométricas e a outras disciplinas da área económica fundamentais para a realização de investigação científica; e (v) Obter uma formação de base sólida para o aprofundamento do estudo nas áreas referidas, bem como nas técnicas quantitativas fundamentais para a realização de investigações em Economia, conducentes à obtenção do grau de doutor.
Competências No final do curso o estudante deve ser capaz de:
(1) Compreender e aplicar conhecimentos avançados da análise económica;
(2) Elaborar análises com consistência teórica, metodológica e empírica, com recurso a técnicas quantitativas avançadas;
(3) Avaliar criticamente argumentos económicos alternativos sobre problemas económicos contemporâneos;
(4) Demonstrar capacidade de problematização de problemas económicos e de utilização do conhecimento no contexto de aplicação e de soluções de natureza prática;
(5) Demonstrar e avaliar as implicações da teoria no desenho da política económica;
(6) Revelar proficiência na redação escrita e oral, apresentação, uso de tecnologias de suporte e na utilização de software econométrico.
(7) Compreender tópicos avançados de análise económica nos domínios de especialização escolhidos;
(8) Revelar capacidades de análise e de modelização de novos factos económicos;
(9) Ler e compreender literatura teórica e empírica veiculada por publicações de referência internacional nos domínios de especialização;
(10) Demonstrar capacidade na aplicação métodos quantitativos e nas técnicas de análise adequadas às áreas de especialização;
(11) Integrar, com rigor científico, o conhecimento disciplinar da economia com conhecimentos de outros domínios científicos na abordagem de problemas complexos e de natureza prática;
(12) Revelar capacidades de compreensão de metodologias e técnicas de investigação; e
(13) Revelar autonomia na problematização de questões a investigar, na seleção e tratamento das teorias, metodologias e técnicas a utilizar proficiência na redação, apresentação, uso de tecnologias de suporte e defesa da dissertação.
Saídas Profissionais O 2º ciclo de formação em Economia fornece competências avançadas em microeconomia, macroeconomia, economia aplicada e métodos quantitativos e qualitativos e prepara os alunos para uma carreira profissional na academia e centros de investigação (doutoramento), como economistas seniores nos setores públicos e privados ou para o desenvolvimento de iniciativas de empreendedorismo qualificado.
Infraestruturas O Departamento de Gestão e Economia (DGE) está localizado na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade da Beira Interior (UBI) e coloca à disposição de toda a comunidade académica as seguintes estruturas e equipamentos: Biblioteca das Ciências Sociais e Humanas; Bases de dados bibliográficas on-line: Plataforma ISI Web of Knowledge (Wok); Biblioteca do Conhecimento on-line (B-On), com acesso a revistas científicas; Base de dados PROQUEST; CEFAGE-UBI e NECE que são centros de investigação inseridos na estrutura da Universidade da Beira Interior, financiados pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia; Ponto de acesso ao INE e Centro de Documentação Europeia na Biblioteca Central; Salas de Informática com software específico (IBM SPSS Statistics, STATA, EViews, Amos e Microfit) e hardware atualizado; Laboratório de Auto-aprendizagem (LABA) Santander-Totta; Gabinete com Rede Wireless e pontos de rede; Residência Universitária PAC; e Snack-Bar.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI
Regulamento do 2º Ciclo - Mestrado em Economia

Departamento de Gestão e Economia

Estrada do Sineiro, s/n
6200-209 Covilhã
275 329 164
4020

Responsáveis

Diretor/a de Curso
José Alberto Serra Ferreira Rodrigues Fuinhas
Coordenador de Mobilidade
Pedro Ferreira Guedes de Carvalho

Comissões

Comissão Científica
José Alberto Serra Ferreira Rodrigues Fuinhas
António Manuel Cardoso Marques
Ana Paula Bernardino Matias Gama
António de Jesus Fernandes de Matos

Comissão de Coordenação Pedagógica
Coordenadores Ano
José Alberto Serra Ferreira Rodrigues Fuinhas (1º)
António Manuel Cardoso Marques (2º)
Delegados Ano
João André Silva Pereira (1º)
Ricardo Jorge Esteves Henrique (2º)

Comissão de Creditação
José Alberto Serra Ferreira Rodrigues Fuinhas
Pedro Guedes de Carvalho
António Manuel Cardoso Marques
Ana Paula Bernardino Matias Gama
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.