Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Bioquímica

Bioquímica

2º Ciclo     Departamento de Química

Plano de Estudos/Ramos   Bioquímica

Regime Geral de Acesso  

Requisitos de Admissão

a) Os titulares do grau de licenciado ou equivalente legal em: Bioquímica, Biologia, Biotecnologia, Ciências Biomédicas e licenciaturas afins;
b) Poderão também ser admitidos outros licenciados, desde que o respetivo currículo demonstre uma adequada preparação científica de base ou licenciados de cursos anteriores ao processo de Bolonha, equivalentes aos já referidos, aos quais poderão ser concedidas equivalências a algumas unidades curriculares, após uma análise curricular a efetuar pela Comissão de Curso;
c) Os titulares de um grau académico superior obtido no estrangeiro que seja reconhecido como satisfazendo os objetivos do grau de licenciado numa das áreas referidas nas alíneas anteriores pela Comissão de Curso;
d) Em casos devidamente justificados, os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, que seja reconhecido como atestando a capacidade para realização deste ciclo de estudos pela Comissão de Curso.
A admissão ao mestrado será feita de acordo com o artigo 17.º do Decreto-Lei n.º 74/2006, de 24 de Março. A admissão, a formalização, bem como as regras de seriação de candidatura, o número de vagas e os prazos de candidatura ao Mestrado/2.º ciclo serão fixados anualmente por despacho do Reitor da Universidade Beira Interior.

Vagas 25 (2017)
Critérios de Seleção e Seriação Bioquímica 2017
Mais informações para candidatos

Sobre

Objetivos Gerais O 2º ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre em Bioquímica tem como objetivos principais oferecer uma formação avançada em Bioquímica e desenvolver nos estudantes competências que lhes permitam desempenhar com sucesso funções altamente diferenciadas ou atividades de investigação, em especial na área das ciências da saúde e da biotecnologia. Pretende-se que, após a conclusão deste ciclo de estudos, os mestres em Bioquímica demonstrem capacidade de análise crítica e de resolução de problemas bioquímicos, a nível molecular e celular, em situações novas e em contextos multidisciplinares, com elevado grau de autonomia.
O 2º ciclo de estudos conducente ao grau de Mestre em Bioquímica destina-se a licenciados em Bioquímica, ou em áreas afins, que pretendam aprofundar e incrementar as suas competências nesta área científica, para uma melhor integração e desempenho no atual mercado de trabalho cada vez mais exigente.
Competências No final do curso o estudante deve ser capaz de:
-Demonstrar conhecimentos avançados na área de Bioquímica e aplicá-los na resolução de questões específicas, nomeadamente situações novas em contextos alargados e multidisciplinares.
-Integrar conhecimentos e desenvolver soluções através da definição de estratégias, planeamento e execução de experiências com espírito crítico e de modo independente.
-Comunicar os resultados e fundamentar as conclusões dos seus trabalhos a especialistas e não especialistas, usando linguagem científica apropriada, de forma clara e sucinta.
-Promover a atualização permanente das competências profissionais com base na evidência científica disponível e de um modo autónomo.
-Demonstrar espírito de iniciativa, capacidade de decisão e flexibilidade no desempenho profissional em diferentes áreas relacionadas com a Bioquímica, para uma melhor inserção no mercado de trabalho atual.
-Integrar equipas de trabalho multidisciplinares desenvolvendo projetos inovadores de base científica e tecnológica.
-Promover a transferência de conhecimento científico e tecnológico entre os centros de investigação e o meio empresarial.
-Demonstrar uma visão integrada dos bioprocessos e aplicar as ferramentas biotecnológicas na manipulação de biomoléculas e células, na produção e purificação de moléculas alvo com atividade biológica para aplicações terapêuticas, assim como na monitorização e controlo de qualidade dos respetivos bioprocessos.
-Desenvolver, validar e aplicar técnicas analíticas no controlo da qualidade das águas e alimentos e no domínio da toxicologia e das ciências forenses.
-Aplicar metodologias avançadas na deteção, identificação e análise biomolecular.
-Realizar análises clínicas de acordo com as normas de boas práticas de qualidade e interpretar e emitir com rigor os resultados laboratoriais de situações patológicas.
Saídas Profissionais O mestrado em Bioquímica visa preparar profissionais para desempenhar funções altamente diferenciadas em
• Laboratórios de análises químico-biológicas (hospitais, clínicas ou empresas), análises toxicológicas e análise de águas e alimentos.
• Laboratórios de controlo de qualidade e desenvolvimento de produtos (enquadrados nas Ciências da Saúde e, entre outros).
• Centros de investigação fundamental e aplicada na área das Ciências da Vida e da Saúde, Biotecnologia e áreas afins.
• Indústria Farmacêutica, Biotecnológica e Alimentar em equipas que visem a promoção do desenvolvimento tecnológico e inovação nestas áreas científicas.
• Empresas (técnicos ou profissionais na área de vendas e marketing).

Infraestruturas Para além das várias salas e laboratórios de ensino disponíveis no Departamento de Química e Faculdade das Ciências da Saúde, existe um vasto leque de laboratórios especializados no Centro de Investigação em Ciências da Saúde (CICS-UBI), onde os estudantes podem desenvolver o seu projeto de investigação, nas áreas científicas incluídas nos dois grandes grupos de investigação do centro: Biotecnologia e Ciências Biomoleculares, e Hormonas e Inflamação na Saúde e na Doença.
Entre as estruturas de apoio ao ensino, destacam-se Biblioteca Central com wireless com acesso on-line a diferentes bases de dados tais como, B-on e Web of Science entre outras, várias salas de terminais e wireless do tipo WLAN em toda a Universidade, com conectividade e-U e acesso permanente à Internet.
Normas e Regulamentos Regulamentação UBI

Departamento de Química

Rua Marquês D'Ávila e Bolama
6201-001 Covilhã
275 242 021
1452
275 319 730

Responsáveis

Diretor/a de Curso
António José Geraldes de Mendonça
Sem Fotografia
Coordenador de Mobilidade
Dina Isabel Malheiros Dinis de Mendonça

Comissões

Comissão Científica
António José Geraldes de Mendonça
Cândida Ascensão Teixeira Tomaz
Graça Maria Fernandes Baltazar
Fani Pereira de Sousa
Isabel Maria Theriaga Mendes Varanda Gonçalves
Luís António Paulino Passarinha

Comissão de Coordenação Pedagógica
António José Geraldes de Mendonça
Coordenadores Ano
Fani Pereira de Sousa (1º)
Isabel Maria Theriaga Mendes Varanda Gonçalves (2º)
Delegados Ano
Ana Margarida Pereira Rodrigues (1º)
Joel Marques Alves (2º)

Comissão de Creditação
António José Geraldes de Mendonça
Graça Maria Fernandes Baltazar
Luís António Paulino Passarinha
Dina Isabel Malheiros Dinis de Mendonça
Nota: A informação contida nesta página não dispensa a consulta dos documentos oficiais. Data da última atualização: 2014-08-07
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.