Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Arquitetura
  4. Arquitetura com Casos Especiais de Conceção Estrutural

Arquitetura com Casos Especiais de Conceção Estrutural

Código 15216
Ano 5
Semestre S1
Créditos ECTS 5
Carga Horária T(15H)/TP(30H)
Área Científica Arquitetura
Objectivos de Aprendizagem Os objetivos da UC correspondem à obtenção de conhecimentos e aptidão para análise crítica de construções em que as opções de conceção estrutural tenham tido particular relevância e sejam relacionáveis com aspetos como a forma, as dimensões ou as proporções. Adicionalmente, pretende-se a obtenção de conhecimentos e aptidão para análise de casos em que diferentes aspetos condicionantes, como a disponibilidade de recursos, o desenvolvimento tecnológico e científico e a envolvente económica e social tenham sido determinantes para essas opções. As competências a desenvolver permitirão a identificação de casos especiais de conceção estrutural e a sua consideração como eventuais referências para novas construções.
Conteúdos programáticos 1-Construções em pedra: i) Condicionantes dos materiais e meios disponíveis; ii) A forma e o equilíbrio; iii) Casos especiais. 2- Conceção e construções de Eladio Dieste: i) Princípios de conceção; i) Alvenaria armada; ii) Estudo da forma; iii) Análise dos processos construtivos. 3- Estruturas de casca de Félix Candela: i) Influências no desenvolvimento de princípios e conceitos; ii) A forma de paraboloide hiperbólico; iii) Análise dos processos construtivos; 4- Edifícios altos: i) Análise de condicionantes; ii) Possibilidades de conceção; iii) Utilização eficiente de materiais de alta resistência iii) Casos especiais; 4- Estruturas leves suspensas: i) Introdução e descrição geral do funcionamento estrutural; ii) Obtenção da forma; iii) Materiais e processos construtivos; iv) Casos especiais. 5 –Exemplos de estruturas de grande vão.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Os conteúdos programáticos são abordados numa componente teórica centrada na análise e discussão de casos
especiais de conceção estrutural. A componente teórico-prática centra-se na análise detalhada de casos selecionados, recorrendo a pesquisa bibliográfica e a ferramentas como modelação física e digital, entre outras, com o objetivo de evidenciar e analisar os aspetos relevantes. A metodologia de avaliação compõe-se por um teste escrito para avaliação da componente teórica e a avaliação de um trabalho individual em que cada estudante apresenta um estudo sobre uma construção ou o trabalho de um “artista estrutural”.
Bibliografia principal - Adriaenssens S, Block P, Veenendall D, Williams C (eds), Shell Structures for Architecture – Form Finding and Optimization. New York: Routledge, 2014.
- Billington D. The Tower and The Bridge: The New Art of Structural Engineering. Princeton University Press, 1995.
- Chilton J. The Engineer’s Contribution to Contemporary Architecture – Heinz Isler. London: Thomas Telford, 2000.
- Garlock M, Billington D. Félix Candela: Engineer, Builder, Structural Artist. Yale University Press; 2008.
- Heyman J. The stone Skeleton – Structural Engineering of Masonry Architecture. Cambridge University Press, 1995.
- The work of Frei Otto by Frei Otto. Museum of Modern Art, 1972.
Língua Português
Data da última atualização: 2022-01-24
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.