Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. UBI apoia cientistas espanhóis na monitorização do vulcão Cumbre Vieja

UBI apoia cientistas espanhóis na monitorização do vulcão Cumbre Vieja

  27 de setembro de 2021  

Img:

O C4G - Colaboratório para as Geociências vai ceder recursos humanos e equipamentos para acompanhar aa atividade vulcânica na ilha de La Palma. O docente Rui Fernandes e o bolseiro Gonçalo Henriques estão esta semana a instalar os dispositivos.

A Universidade da Beira Interior (UBI) está esta semana a dar apoio às autoridades locais das Canárias, no reforço da monitorização da erupção vulcânica na Ilha de La Palma, depois da entrada em atividade do vulcão Cumbre Vieja.

A colaboração foi solicitada por cientistas espanhóis ao C4G - Colaboratório para as Geociências, infraestrutura de investigação sediada na UBI, com os trabalhos a serem realizados por Rui Fernandes, docente do Departamento de Informática (DI-UBI), e Gonçalo Henriques, bolseiro do mesmo Departamento.

A equipa da UBI vai instalar quatro recetores GNSS e recolher dados da deformação superficial causada pela erupção, até ao final da mesma. Os equipamentos da UBI, que ficarão à guarda das autoridades espanholas, consistem em recetores, antenas, routers, painéis solares, controladores solares e cabos de antena.

A instalação dos equipamentos começou esta segunda-feira, dia 27 de setembro, e prolonga-se até sexta-feira, dia 1 de outubro. Será custeada com verbas próprias do SEGAL, grupo coordenado por Rui Fernandes, no DI-UBI.

O vulcão Cumbre Vieja entrou em erupção na última semana, depois de vários dias a serem registados milhares de sismos na região. Como consequência, centenas de edifícios da ilha foram destruídos e teme-se que possam existir diversos problemas ambientais.

Partilhar

Data da última atualização: 2021-09-27
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.