Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Projeto de combate à fragilidade em idosos premiado pelo BPI Fundação “la Caixa”

Projeto de combate à fragilidade em idosos premiado pelo BPI Fundação “la Caixa”

  02 de maio de 2022  

Img:

“M&M – Maiores em Movimento – Programa de Combate à Fragilidade” é uma iniciativa da UBI e da Santa Casa da Misericórdia do Fundão.

A Universidade da Beira Interior (UBI), através dos Departamentos de Ciências do Desporto e de Psicologia e Educação da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH), tem vindo a implementar, junto com a Santa Casa da Misericórdia do Fundão (SCMF), o Projeto “M&M – Maiores em Movimento – Programa de Combate à Fragilidade”. Este projeto surge na sequência da candidatura aos Prémios BPI Fundação “la Caixa” Seniores 2021, nos quais a UBI, num universo de 228 candidaturas, foi uma das 34 instituições contempladas com financiamento para alargar o foco de intervenção do projeto e poder servir como referência de boas práticas para outras instituições. Face ao contexto pandémico, este projeto teve o seu início em janeiro deste ano.

O projeto “M&M – Maiores em Movimento” assume como principal objetivo prevenir ou reverter a síndrome da fragilidade em utentes residentes em Estruturas Residenciais Para Idosos e Centros de Dia do universo da SCMF, através da implementação de programas de exercício físico desenhados de acordo com as necessidades de cada participante. No âmbito do projeto, pretende-se contribuir para a diminuição do número de utentes diagnosticados como frágeis e pré-frágeis. As dinâmicas inseridas no projeto “M&M – Maiores em Movimento” englobam ainda i) ações de formação lecionadas por elementos da UBI sobre estratégias práticas para avaliar e tratar a síndrome da fragilidade; ii) a aplicação de testes de avaliação física e cognitiva para identificar o estado atual dos utentes; iii) a implementação de programas de exercício físico como forma de reverter a síndrome da fragilidade e iv) atividades promocionais com o propósito de sensibilizar a população sénior para a importância da prática regular de exercício físico na prevenção e tratamento da fragilidade.

A equipa científica da UBI é constituída por docentes e alunos dos Departamentos de Ciências do Desporto e de Psicologia e Educação, sendo a coordenação científica assegurada pelos docentes Mário Cardoso Marques (investigador principal), Henrique Pereira Neiva, Daniel Almeida Marinho e, ainda, pelo doutorando em Ciências do Desporto, Diogo Marques.

Fonte: Departamento de Ciências do Desporto.

Partilhar

Data da última atualização: 2022-05-02
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.