Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Notícias
  3. Doutoramento em Ciências Farmacêuticas acreditado por seis anos

Doutoramento em Ciências Farmacêuticas acreditado por seis anos

  13 de abril de 2018  

Img:

Curso integra a oferta formativa da Faculdade de Ciências da Saúde.

O 3.º Ciclo de estudos em Ciências Farmacêuticas está acreditado para os próximos seis anos, de acordo com a decisão da A3ES – Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior. Este curso de Doutoramento, que integra a oferta formativa da Faculdade de Ciências da Saúde, foi acreditado pelo período máximo permitido por lei.

A decisão da A3ES “é muito gratificante para toda a equipa responsável pelo Ciclo de estudos, bem como para todos os docentes implicados na docência e orientação de teses”, salienta Ana Paula Duarte, diretora do 3.º Ciclo de Estudos em Ciências Farmacêuticas. “É um sinal de que estamos no bom caminho, que as metodologias pedagógicas e teses de doutoramento desenvolvidas foram merecedoras de uma apreciação muito positiva. Esta decisão impulsiona-nos para a procura de uma melhoria contínua da qualidade científica e pedagógica do ciclo de estudos”, acrescenta a docente.

Para esta decisão da Agência que supervisiona o funcionamento dos cursos de Ensino Superior, contribui o facto dos estudantes serem acolhidos numa Unidade de Investigação acreditada pela FCT – o Centro de Investigação em Ciências da Saúde (CICS) – e avaliada com Muito Bom, que funciona como incentivo à realização de projetos de investigação, não só no âmbito das ciências mais fundamentais e laboratoriais de interesse em Ciências Farmacêuticas, mas também à possibilidade de projetos de natureza mais clínica e com aproximação à Farmácia Hospitalar.

O curso de doutoramento foi ainda referido pela A3Es como sendo bem estruturado e integrado numa instituição universitária com qualidade em recursos humanos, além de ministrado em recentes e muito boas instalações. “Foi assim salientada a qualificação do corpo docente, bem como o seu empenho na articulação equilibrada das unidades curriculares”, salienta Ana Paula Duarte, lembrando outro aspeto decisivo para o sucesso dos estudantes: “É ainda de salientar como vantagem a proximidade e contacto contínuo entre estudantes, orientadores e direção do curso. A proximidade com os estudantes do Mestrado Integrado em Ciências Farmacêuticas também constitui uma mais-valia, pois permite uma interação com estes que pode resultar no seu despertar para a investigação e assim completarem a sua formação académica com um Doutoramento que lhes abrirá portas importantes no mercado de trabalho”.

O 3.º Ciclo em Ciências Farmacêuticas visa preparar profissionais dotados de capacidades e competências em diferentes áreas das Ciências Farmacêuticas, através de um ensino e uma investigação de excelência. Os estudantes têm acesso ao conhecimento produzido e a investigação de ponta na área, que lhes permite entrar no mercado de trabalho de forma vantajosa. Por outro lado, para quem já está no mercado de trabalho, voltar à Universidade para fazer este curso permite o acesso a novas tecnologias, bem como o desenvolvimento de pensamento crítico em relação ao seu trabalho, através de novas formas de ver e desenvolver as Ciências Farmacêuticas nas suas diferentes especialidades, permitindo uma maior consciência dos problemas existentes e das possíveis soluções para os mesmos.

Um curso cuja formação “contribui ainda para a melhoria das condições de saúde das populações, pois estas vão usufruir de profissionais com um nível de competência mais elevado, bem como possuidores de conhecimentos mais atualizados”, conclui a diretora do Doutoramento.

Mais informação
Doutoramento Ciências Farmacêuticas 

Partilhar

Data da última atualização: 2018-04-13
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.