Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Ciências do Desporto
  4. Metodologias de Investigação em Ciências do Desporto

Metodologias de Investigação em Ciências do Desporto

Código 11237
Ano 1
Semestre S1
Créditos ECTS 10
Carga Horária OT(5H)/TP(20H)
Área Científica Ciências do Desporto
Tipo de ensino Presencial e à distância.
Estágios Não tem.
Objectivos de Aprendizagem Proporcionar ao doutorando um conjunto de competências metodológicas transversais, para o planeamento, execução e apresentação dos resultados de um trabalho de investigação, no domínio das Ciências do Desporto.
1. Demonstrar competências de investigação, através da compreensão dos princípios epistemológicos da investigação científica e do domínio dos métodos de planeamento e organização da investigação, com destaque para as diferentes metodologias utilizadas;
2. Demonstrar uma compreensão sistemática sobre os diferentes métodos de investigação;
3. Ser capaz de analisar criticamente diferentes metodologias aplicáveis a um problema de investigação, tendo em vista a sua resolução;
4. Ser capaz de comunicar as suas conclusões, e os conhecimentos e os raciocínios a elas subjacentes, quer a especialistas, quer a não especialistas, de uma forma clara e sem ambiguidades.
Conteúdos programáticos 1. Princípios epistemológicos da investigação científica:
1.1. Descrição fenomenológica do conhecimento;
1.2. Diferentes saberes ou tipos de conhecimento;
1.3. Ciência e tentativa de classificação;
1.4. Epistemologia:
1.4.1. Origens históricas;
1.4.2. Objecto;
1.5. Os grandes paradigmas contemporâneos;
1.6. Perspetivas e aplicações das epistemes específicas ao domínio das Ciências do Desporto, numa visão contemporânea.
2. Planeamento da investigação:
2.1. O método experimental;
2.2. Diferentes desenhos de estudos:
2.2.1. Estudos observacionais descritivos e analíticos;
2.2.2. Estudos experimentais e quase-experimentais;
2.2.3. Ensaios clínicos;
2.3. Organização de estudos transversais, longitudinais e mistos.
3. Elaboração de trabalhos científicos:
3.1. Publicação de artigos científicos;
3.2. A escrita científica;
3.3. Normas e orientações para a redação e apresentação de teses;
3.4. Outros modelos de apresentação - o “modelo escandinavo”.
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Realização de um trabalho individual de pesquisa bibliográfica, sobre diferentes metodologias aplicadas a um problema de investigação, na qual se potencia a análise crítica das diferentes metodologias.
Bibliografia principal • Bachelar, G. (1972). La formation de l’esprit scientifique. Paris: J. Vrin.
• Bachelar, G. (1981). A Epistemologia. Lisboa: Ed. 70.
• Baumgartner, T. A., Jackson, A. S., Mahar, M. T., & Rowe, D. A. (2007). Measurement for evaluation in physical education and exercise science. McGraw-Hill: New York.
• Creswel, J. (2008). Research design: qualitative, quantitative and mixed methods approaches. London: Sage Publications.
• Eco, U. (1988). Como se faz uma tese em ciências humanas. Lisboa: Presença.
• Feitosa, A. (1993). Contribuições de Thomas Kuhn para uma epistemologia da motricidade humana. Colecção Epistemologia e Sociedade, Volume 3. Almada: Edição do Instituto Piaget.
• Ioannidis, J.P.A. (2005). Why most published research findings are false. PLoS Medicine, 2(8), e124.
• Kuhn, T. (1998). A estrutura das revoluções científicas. São Paulo: Editora Perspectiva.
• Popper, K. (2002). Conjectures and refutation. London: Routledge.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-10-19
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.