Menu Conteúdo Rodapé
  1. Início
  2. Cursos
  3. Psicologia Clínica e da Saúde
  4. Intervenção Sistémica e Familiar

Intervenção Sistémica e Familiar

Código 11778
Ano 1
Semestre S2
Créditos ECTS 5
Carga Horária T(30H)/TP(30H)
Área Científica Psicologia
Tipo de ensino Presencial.
Estágios NA
Objectivos de Aprendizagem Esta UC tem como objetivo geral aprofundar conhecimentos sobre modelos e estratégias de intervenção sistémica e familiar, fornecendo uma visão ampla sobre diferentes tipos de intervenção nesta área. Pretende-se que o aluno desenvolva as seguintes competências: Compreensão dos pressupostos teóricos e conceitos subjacentes à intervenção sistémica e familiar; Conhecimento de diferentes modalidades de intervenção sistémica; Aplicação de conceitos e princípios sistémicos à leitura de diferentes problemáticas, em especial no trabalho com famílias; Conhecimento e capacidade de aplicação de técnicas em diferentes modelos de intervenção sistémica/familiar; Reflexão sobre as implicações e responsabilidades éticas e deontológicas na intervenção sistémica; Análise crítica, integração e aplicação de informação científica.
Conteúdos programáticos 1. Paradigma sistémico: fundamentos teóricos e conceitos fundamentais.
(Bases teóricas do modelo sistémico; Família como sistema; Do pensamento sistémico à intervenção; Ciclo Evolutivo Familiar; Psicopatologia numa perspetiva sistémica)
2. Modelos e modalidades de intervenção sistémica
(Questões profissionais e éticas na intervenção sistémica; Tipos e modalidades; Intervenção com indivíduos; Terapia familiar, Intervenção com casais; outros)
3. Técnicas e estratégias em intervenção sistémica e familiar
(Instrumentos de avaliação e de intervenção numa perspetiva sistémica - genograma, ecomapa, hipotese sitémica, outros; técnicas sistémicas para promover a mudança - Terapia Centrada nas Soluções, Terapia Narrativa, outras)
Metodologias de Ensino e Critérios de Avaliação Metodologias de ensino das sessões de contacto teóricas: exposição de conteúdos teóricos; Metodologias de ensino das sessões de contacto teórico-práticas: análise individual e em grupo de materiais de natureza teórica e teórico-prática; análise individual e em grupo de casos práticos; treino de técnicas de intervenção através de role-play e simulação em sala de aula. Estratégias de avaliação: Testes de avaliação de conhecimentos, atividades realizadas nas sessões de contacto e/ou trabalho de grupo. Ao longo do semestre serão realizadas atividades teórico-práticas para consolidação de conhecimentos e competências
Bibliografia principal - Bray, J. & Stanton, M. (2012). The Wiley-Blackwell Handbook of Family Psychology. Singapore: Blackwell Publishing.
- Carr, A. (2001). Family therapy: Concepts, process and practice. Chichester: John Wiley & Sons.
- Goldenberg, H. & Goldenberg, I. (2013). Family therapy: An overview (8th Edition). Belmont: Brooks Cole.
- Kaslow, F.W. (2002). Comprehensive handbook of psychotherapy (Vol. 3). New York: John Wiley & Sons.
- Relvas, A.P. (2003). Por detrás do espelho: Da teoria à terapia com a família. Coimbra: Quarteto.
- Smith-Acuña, S. (2011). Systems theory in action: Application to individual, couple and family therapy. New Jersey & Sons.
Língua Português
Data da última atualização: 2021-06-18
As cookies utilizadas neste sítio web não recolhem informação pessoal que permitam a sua identificação. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.